Aprenda a otimizar seus e-mails para o mobile!

por em Geral Nenhum comentário

Você certamente já ouviu dizer que o futuro da internet são os dispositivos móveis, certo? Esta máxima, como ocorre muito constantemente quando o assunto é tecnologia, já está ultrapassada. O mobile não é o futuro, ele já é o presente!

email mobile blog

Nos últimos anos houve uma explosão no número de aberturas de e-mails a partir de dispositivos móveis. Ao final do primeiro semestre de 2014, cerca de 45% de todos os enviados foram abertos via mobile. Considerando que no mesmo período de 2011 este número foi de 11%, temos um aumento de 309% em 3 anos.

Estes números fizeram com que as marcas começassem a avaliar se deveriam adaptar suas estratégias a este cenário – dúvida que logo foi dissipada diante do forte e irreversível crescimento do alcance dos dispositivos móveis. Atualmente, aqueles que não têm seus e-mails otimizados para mobile estão perdendo espaço e, consequentemente, dinheiro. Para não correr este risco, fique atento às dicas que preparamos para você nesse post!

O layout responsivo

O layout responsivo, seja para e-mail ou páginas da web, atende a uma necessidade cada vez mais forte para estratégias digitais: a adaptabilidade aos mais diversos tipos de dispositivos e formatos de telas. Atualmente acessamos a internet basicamente pelos desktops, notebooks, tablets e smartphones, mas a cada dia estamos mais próximos da realidade da “internet das coisas”, quando os mais diversos aparelhos estarão conectados à rede, desde os eletrodomésticos em nossas casas até os computadores de bordo de nossos carros.

Justamente por isso, as páginas e aplicações web devem ser capazes de responder corretamente a todos os tipos de dispositivos, com uma exibição adequada do layout. Isso é a chamada responsividade, que utiliza larguras e imagens de tamanhos variáveis e adaptativos, além de tecnologias que facilitam a compreensão universal.

Porém, tecnologia não é tudo. A seguir vamos entender outras práticas que contribuem decisivamente para o sucesso de campanhas de e-mail marketing mobile.

Layout em uma coluna

Apesar de muitas newsletters utilizarem layout multicoluna, se você quer otimizar suas campanhas para mobile é hora de considerar a troca para o layout em apenas uma coluna. Esse formato é muito mais adequado para dispositivos móveis e ajuda bastante na melhoria da legibilidade. Um layout multicoluna numa tela estreita gerará barras de rolagem horizontais, o que é terrível para a usabilidade. A visualização do e-mail fica extremamente prejudicada e as rolagens normalmente ficam pequenas e difíceis de manejar. Neste caso, a ação mais provável do usuário é jogar aquela mensagem no lixo.

Botões adequados a telas touch

Para a leitura de e-mails em dispositivos móveis, o seu botão de call-to-action deve facilitar o uso ao leitor. O ideal é centralizar o botão e fazer com que ele tenha um tamanho mínimo de 44px x 44px. Você não quer que seu usuário “erre o alvo” justamente na hora de clicar no botão de conversão da sua newsletter, certo?

Fontes grandes

É consenso que uma das principais funções do design é facilitar a vida do usuário. Quando se trata de layouts mobile, essa regra deve ser seguida com a máxima atenção. Quando um usuário abre um e-mail no celular, uma das maiores dificuldades costuma ser o tamanho das fontes do texto. Se ele tem que usar o zoom, por exemplo, você certamente não está facilitando a vida do seu cliente. Na velocidade e dinâmica do mobile, estes pequenos contratempos costumam ser suficientes para cansar o usuário e fazer com que ele desista da leitura. Para evitar este problema, o ideal é corpo de fonte com 16px ou mais.

Estas são algumas recomendações básicas para tornar mais fácil a vida do seu público durante a leitura de seus e-mails em dispositivos móveis. Mas outras técnicas também podem ser bastante eficientes. Você costuma usar recursos diferentes destes? Comente!  

As diversas faces do Rio Tietê – por Lu Marini

por em Geral Nenhum comentário

Com o objetivo de mostrar a importância da preservação do meio ambiente, o recordista continental de altitude e único piloto de paramotor que sobrevoou um vulcão ativo, Lu Marini, se lança numa nova aventura sobre o rio Tietê. Da nascente à foz, ele sobrevoou mais de 1.100 km, passando por 62 municípios. O que muitos não sabem é que este é um rio diferente, que não  deságua em um oceano, e sim corre para o interior, desaguando no rio Paraná.

A expedição teve início no dia 19 de agosto e durou 20 dias. Neste período o piloto conheceu diversas faces do rio, como a parte em que abriga peixes. Mas um cenário é predominante: na maioria das vezes o retrato visto lá do alto é tomado pela poluição e consumido pela maior seca dos últimos tempos.

O piloto e sua equipe também registraram imagens aéreas surpreendentes, além de relatos e histórias de quem vive às margens do rio que nasce limpo e que se transforma no mais poluído do Brasil. Todo este conteúdo está sendo utilizado na produção de um documentário, um livro e uma cartilha, que será voltada para o público infantil e terá o aventureiro como personagem conscientizador da importância da preservação ambiental.

“Estou muito feliz por desenvolver uma cartilha infantil, em que me torno um personagem que foi conhecer tudo sobre a natureza e o meio ambiente, sobrevoando o rio Tietê. Quero usar o voo com paramotor para atrair a atenção das crianças. Plantar uma semente de consciência ambiental em cada uma. O futuro depende delas”.

As cenas mais marcantes dessa grande missão, que contou com o apoio da Locaweb, você confere agora:

Mais controle dos custos no Cloud Server Pro

por em Geral Nenhum comentário

Para proporcionar maior controle e fornecer ferramentas para facilitar a gestão do uso do serviços, disponibilizamos a nova área de Extrato com informações de utilização de consumo de recursos adicionais no painel de administração de servidores.

consumo_cloud_server_pro_600x300

Esta nova área apresenta as informações consolidadas de uso dos servidores quanto a Transferência adicional em GB, quantidade de snapshots adicionais, tempo de escalabilidade de recurso utilizada e total estimado do custo. Ou seja, recursos dos quais são cobrados quando excedem os limites inclusos nos servidores contratados.

Vale ressaltar que como extrato é apresentado em períodos mensais o custo estimado é referente ao consumo dos serviços adicionais consumidos durante o período exibido.

Isto se traduz em economia e eficiência na gestão dos custos dos servidores Cloud Server Pro, entenda mais:

imagem-cloud-server-pro-blog (2)

Não deixe de contar com mais esta funcionalidade que a Locaweb oferece para otimizar a gestão dos Servidores Cloud Server Pro!

Para conhecer mais sobre as funcionalidades do Cloud Server Pro e todos seus benefícios, acesse aqui.

5 previsões de crescimento exponencial para 2015

por em Tecnologia Nenhum comentário

Entre os vários estudos especulativos que tentam conectar o futuro, a vida humana e a tecnologia, um dos que mais chama a atenção é a teoria das mudanças aceleradas. A ideia se resume, mais ou menos, na descrição de um crescimento exponencial do desenvolvimento da tecnologia, tendo como ponto de partida a Lei de Moore. Você saberia dizer o que isso tem a ver com sua própria rotina?Vejamos:

450233085

Os componentes eletrônicos e os períodos de 18 meses

Em meados da década de 1960, Gordon Moore, então presidente da Intel, anunciou uma regra empírica que consistiria em uma previsão para o mundo do hardware. Ele pressagiou que o número dos transistores apresentaria um aumento de 100% a cada 18 meses (um ano e meio) nos aparelhos em geral, enquanto o preço se conservaria, de certa maneira, constante.
Este fenômeno não só se mostrou verdadeiro na época, como permanece válido até os dias atuais. A “Lei de Moore” se refere, no entanto, apenas a circuitos de semicondutores, mas deu azo para descrever ideias muito mais promissoras e diversos autores pegaram carona na sua visão a fim de prever um crescimento exponencial também em outras áreas da tecnologia.
Assim, um progresso exponencial tecnológico representa mudanças absurdamente aceleradas em nosso cotidiano, como o que aconteceu na década de 1990 com os computadores pessoais, depois com a internet e mais recentemente com a comunicação móvel.
O que será então que o futuro nos reserva para os próximos anos, dentro desta perspectiva? Conheça 5 previsões de crescimento exponencial que poderão mudar a sua vida.

Neurotecnologias e equipamentos médicos

As aplicações médicas em geral vêm aproveitando não somente os modelos computacionais de equipamentos e ferramentas, com enorme melhoria de desempenho, mas, sobretudo, uma combinação de tecnologias que abrangem biologia sintética, inteligência artificial e outros aspectos que poderão em pouco tempo reorganizar a indústria clínica e operatória.

Impressão 3D

Esta tecnologia já vem sendo aplicada com sucesso em vários segmentos, desde a indústria de automóveis até na medicina — com a construção de moldes do corpo humano para implantes, bem como próteses e tecidos diversos. O avanço desta tecnologia poderá permitir a substituição, em breve, até de órgãos internos.

Robótica

O desenvolvimento da robótica e da nanotecnologia ultrapassou há muito tempo o âmbito da indústria, e seus avanços já vêm sendo aproveitados em espaços tão diversos como a astronomia, a agricultura, armamentos de guerra e instrumentos para a realização de tarefas domésticas.

Energia fotovoltaica

A captação de radiação solar para suprir a demanda por energia elétrica vem se consolidando como uma das melhores formas de geração de energia por meios renováveis, limpos e sustentáveis. Novos estudos e maiores investimentos no setor vêm implementando materiais de melhor qualidade e performance na captação e transformação, bem como proporcionando o barateamento das peças. A energia solar fotovoltaica é, atualmente, depois da hidrelétrica e da eólica, a terceira mais relevante em termos de capacidade instalada no mundo.

Comunicações

Esta é uma das revoluções tecnológicas mais perceptíveis em nosso cotidiano, e tende a se expandir ainda mais com as melhorias das conexões em rede e a popularização dos aparelhos pessoais, cujos preços estão cada vez mais acessíveis.

E você, como acha que estas tecnologias de crescimento exponencial citadas acima poderão impactar na sua vida? Compartilhe com a gente sua opinião sobre o assunto e continue ligado no blog!

8 Ted Talks sobre marketing que você não pode perder!

por em Geral Nenhum comentário

ted-talks

A disseminação de ideias no mundo do marketing está cada vez mais ampla, haja vista a quantidade de inovações que temos diariamente no campo do marketing digital, principalmente. Por isso hoje selecionamos 8 TED Talks que você não pode perder, pois eles trazem inovação, carisma, curiosidades e muito conhecimento.

Seth Godin: Como espalhar suas ideias

O mundo está cheio de ideias, e com a internet é possível disseminá-las rapidamente, fazendo com que milhares de pessoas tomem conhecimento delas e se familiarizem. Neste TED Talks, Seth Godin ensina como espalhar as suas ideias como se eles fossem únicas, tornando-as imprescindíveis nas vidas das pessoas.

Renny Gleeson: 404, a história de uma página não encontrada

Toda oportunidade de interação com o seu público deve ser aproveitada, até aquela famosa página de erro, 404 – página não encontrada. Para aproveitar o momento, entretenha o seu visitante, divirta-o e ganhe um seguidor mais fiel e comprometido com o seu negócio.

Sheena Iyengar: como fazer a escolha mais fácil

Todo processo de compra tem uma série de decisões relacionadas que dão trabalho ao consumidor, por isso a ideia de que muitas opções podem melhorar as vendas é uma ideia equivocada, pois quanto mais decisões a tomar, menos propenso à compra o consumidor estará. Neste sentido, Sheena Iyengar afirma que é preciso dar poucas, mas boas opções e facilitar a escolha do cliente.

Rory Sutherland: lições de vida de um homem anúncio

Rory Sytherland discute o que é valor para cada pessoa, afirmando que isso tem a ver com percepção. Também destaca a persuasão como sendo melhor que a compulsão e a comunicação como fomentadora da interação entre marca e consumidor, desde que o contexto ideal seja criado para que a comunicação flua.

Dan Cobley: o que a física me ensinou sobre marketing

Neste TED Talks, Dan Cobley faz links entre as teorias da física e os conceitos de marketing, demonstrando que são ciências muito parecidas, como é o caso da Lei de Newton, do Princípio de Heisenberg e das Leis da Termodinâmica.

Joseph Pine: o que os consumidores querem

O que os clientes desejam é obter experiências únicas de consumo, que os diferenciem dos demais. Contudo, é praticamente impossível realizar tal feito, haja vista a quantidade de produtos a serem produzidos. Sendo assim, para proporcionar o máximo de exclusividade a seus clientes, as empresas devem investir em ações únicas, preservando sua própria identidade.

John Gerzema: o consumidor no pós-crise

Após a crise de 2008 nos Estados Unidos, a população passou a ser mais consciente em relação ao consumo, visando adequar seu orçamento a um novo estilo de vida, menos consumista. Neste âmbito, as empresas precisam compreender o novo perfil de consumidor, mais exigente e menos apegado a apelos emocionais, para construir estratégias de marketing mais eficazes.

Seth Godin: as tribos que lideramos

Resgatando um conceito longínquo, Seth Godin diz que o marketing de massa está fora de moda, e agora é preciso fazer marketing para as tribos, grupos menores de consumidores que desejam produtos e serviços personalizados.

E então, gostou da nossa lista? Preparado para essa maratona de conhecimento? Compartilhe suas opiniões conosco através dos comentários!