6 atitudes que um empreendedor deve evitar

em Artigos, Dicas e novidades.

Quem aí deseja ter a própria empresa? Você?

Saiba que ter um negócio próprio possui muitos benefícios, mas também requer muita dedicação. Isso porque você, como empreendedor, precisa estar sempre atento às novidades do mercado, preparado para os desafios que chegarem e, principalmente: não se deixar levar por uma postura negativa. Já que algumas atitudes podem arruinar seu negócio e privá-lo do sucesso.

Em um artigo para a Revista Você S/A, Neil Patel listou algumas atitudes que devem ser evitadas por empreendedores. Nos inspiramos no “guru do marketing” e também fomos atrás de dicas para que você, como dono do próprio negócio, consiga tomar decisões melhores e não se deixe levar pela negatividade. Confira:

// Não ter esperança

No artigo, Patel cita que a esperança é uma fonte de energia poderosa. Quando o empreendedor começa o dia esperançoso, esperando que as coisas deem certo, ele consegue realizar suas tarefas e alcançar seus objetivos com mais facilidade. Mas, se começa desanimado, o nervosismo e a sensação de vazio podem tomar conta. Nesse caso, a esperança é importante, pois é capaz de inspirar e encorajar.

// Falar mais do que escutar

Quando o empreendedor fala muito mais do que consegue escutar, tem menos oportunidade

de aprender e evoluir em conjunto com sua empresa. Ouvir os sócios, funcionários e clientes é essencial para o sucesso de um negócio. Dessa forma ele encontra soluções com mais facilidade.

// Perder o controle

Nem sempre as coisas fluirão como você deseja. Não é possível controlar o mercado, muito menos os investidores e o futuro de seu negócio, mas você pode controlar a si mesmo: o que pensa, como age, sua responsabilidade diante dos fatos. Exercitar o autocontrole pode ajudar tanto sua carreira, quanto a sua empresa. Fatores externos não estão sob o seu poder, mas você está. Se conseguir controlar suas atitudes e pensamentos, passará pelas adversidades e seguirá em frente.

// Não investir em autoconhecimento

Quanto mais um empreendedor investir em autoconhecimento melhor. Assim ele saberá quais são seus pontos fortes, quais atitudes e pensamentos precisam ser trabalhados, quais são seus potenciais e como podem se desenvolver. E isso tudo o ajudará a tomar decisões mais concretas. Seja por meio de terapia, coaching, meditação… É importante que o profissional tire um tempo para si e para a autocompreensão.

// Falta de paixão

Um empreendedor apaixonado pelo que faz, realmente luta para conquistar seus objetivos e transformar seus sonhos em realidade. Se você parar para observar, perceberá que por trás de grandes corporações há profissionais apaixonados. Segundo Neil, a paixão é um sentimento poderoso, capaz de contagiar as pessoas e influenciá-las. Para manter a paixão no auge, o guru indica que o empreendedor estabeleça objetivos, meça avanços e reconheça progressos.

// Falta de vontade

No artigo, Neil liga a vontade com a paixão. Segundo ele, “se a paixão o joga para cima, a vontade mantém seus pés no chão”. Os empreendedores têm vontade de colocar a mão na massa e de fazer acontecer e é isso o que os motiva. Eles não “sofrem” trabalhando 8 horas por dia, eles gostam de trabalhar, se entregam ao que fazem por vontade; veem a vida de uma forma diferente. Ter vontade de fazer dar certo é o combustível para o sucesso de um negócio.

Agora que você já sabe quais atitudes evitar como um empreendedor, confira 5 livros inspiradores para quem deseja ter o próprio negócio.

Você também pode gostar