Como foi participar do #RailsGirlsSP2016

em Artigos, Eventos.

Recentemente tive o prazer de participar do #RailsGirlsSP2016, evento gratuito que incentiva mulheres a ingressarem no mundo da programação.

O evento aconteceu em dois dias, lá no #VivaReal. Além dos organizadores, DEVs se voluntariaram como coaches para ajudar as participantes a dar os primeiros passos e diminuir a barreira entre quem busca uma oportunidade e quem já teve a oportunidade – e se vê naquela pessoa que está iniciando.

No primeiro dia, palestras evidenciaram o quão importante é ampliar a diversidade na área de desenvolvimento e como ingressantes e veteranos podem e precisam se empenhar para isso. Após as palestras, as participantes receberam ajuda para preparar o ambiente de desenvolvimento em suas máquinas.

O segundo dia começou com palestras para apresentar a sintaxe do Ruby. Dois times foram formados e cada um discutiu a ideia de seu projeto e começou a programar de fato, com a orientação dos coaches.

Ao fim do dia os projetos foram apresentados e ficou nítido o quão gratificante foi aprender a programar e transformar suas ideias em algo real, com algumas das participantes saindo com os projetos para serem utilizados de fato em seu dia a dia. Foi incrível!

O que aprendi no RailsGirls e porque já quero voltar

O formato do Rails Girls é desafiador: em um curto espaço de tempo as participantes recebem muita informação sobre desenvolvimento (Git, Agile, Ruby, Rails, REST, etc.) e coloca tudo isso imediatamente em prática. Como coach me esforcei ao máximo para tentar transmitir o que sabia, para que cada pessoa do meu time tivesse a oportunidade de fixar ao máximo tudo o que aprendeu codando.

No momento das apresentações, foi muito gratificante ver o brilho de “Eureka” nos olhos das garotas, a alegria em produzir algo real em tão pouco tempo.

A troca de experiências também foi sensacional, alguns coaches partilharam sobre como é seu dia a dia ou como foi seu começo e como é importante continuar a insistir para ser uma boa programadora.

Gostaria de ter participado de um projeto assim lá atrás quando comecei a programar, mas agora, poder colaborar um pouco que seja com iniciantes, foi um dos melhores momentos como programadorA.

Espero que as participantes continuem a estudar para se qualificarem como desenvolvedoras, estarei sempre disponível a ajudá-las sempre que a necessidade surgir.

A toda galera da organização, aos patrocinadores e a #Locaweb, que me incentivou a partilhar no evento um pouco de como foi e é a minha carreira como mulher na área de desenvolvimento, o meu muito obrigada!

Para quem deseja continuar os estudos ou relembrar o básico de forma rápida, deixo um link abaixo com os passos básicos para criar um projeto: Rails Cheatsheet.