6 tendências que ajudarão o mercado brasileiro de TI crescer em 2016

em Segurança.

Diante de uma economia não muito favorável, muitos profissionais de tecnologia têm se perguntado se a área continuará a crescer em 2016. Segundo o IDC Brasil, não é preciso se preocupar. A consultoria estima um aumento de mais de 2,5% em investimentos no setor de TI nacional – um bom motivo para comemorar, certo? Sim, mas também para se programar.

Os investimentos serão pautados pela eficiência e diferenciação nos projetos. Por isso é preciso estar por dentro de tudo o que está acontecendo no segmento e se antecipar. Pensando nisso e buscando auxiliar CEOs e líderes na elaboração de estratégias, a IDC também listou algumas das principais tendências em tecnologia da informação no Brasil. Confira:

1 – Digital sendo cada vez mais reconhecido

A digitalização será o foco de grandes e pequenas empresas neste ano. A IDC prevê que pelo menos 54% delas participem de projetos de transformação digital, o que impactará os investimentos relacionados a contratação de big data, social, mobile e em soluções de cloud. A tecnologia passa a ser vista com outros olhos por empresários e, consequentemente, o TI terá mais investimento.

2 – Internet das Coisas em pauta

Outra tendência é que a Internet das coisas (IoT) passe a ser uma das principais novidades de 2016. É bem provável que os primeiros projetos práticos se destaquem ao longo de 2016 e que fornecedores de hardware e provedores de plataforma auxiliem alavancar esse conceito.

3 – Mudança nos dispositivos

Enfim a venda de dispositivos móveis passa a se estabilizar nacionalmente. A expectativa é que agora sejam comercializados 6 milhões de PCs, 40 milhões de celulares, 5 milhões de tablets ao longo dos 12 meses, mas esses números estão abaixo dos de 2015.  Porém, o comércio de novos dispositivos começa a despontar. Impressoras 3D, drones e wearables começam a despertar a curiosidade e o desejo no público. É bom começar a avaliar esses equipamentos enquanto eles ainda sejam tendência.

4 – Pagamento via smartphone
Outra tendência que crescerá em 2016 são os pagamentos realizados por meio de smartphones e tablets, por exemplo. O que ajudaria esse mercado a se consolidar seriam pessoas que não fazem parte de um sistema financeiro habitual e que já utilizam aplicativos para organizar suas contas.

5 – A importância do analytics

Tanto no Brasil, quanto no restante do mundo, as ferramentas analíticas estão se proliferando e esse movimento é pautado pela maior disponibilidade de ferramentas e recursos. Segundo os dados levantados pela consultoria, soluções em analytics movimentarão US$ 811 milhões de dólares no país neste ano.

6 – Cloud computing continua a crescer

Enfim o cloud computing passa a amadurecer no Brasil. De acordo com a IDC, a nuvem crescer mais do que o restante da indústria tecnológica em nosso país. A TI começa a ser vista como uma área de custo variável e precisará adequar seus recursos de acordo com a demanda e é aí que entram os serviços em cloud.

Diante dessas informações, reúna sua equipe e já comece a pensar em como vocês podem aproveitá-las para inovar e sair na frente. Para conferir as outras tendências apontadas pela IDC, você pode ler o artigo publicado pelo portal Computerworld.

Os dados são novos para você ou já eram esperados?

Diga-nos sua opinião nos comentários. ;)

Você também pode gostar