O SMTP, sigla para Simple Mail Transfer Protocol, existe desde a década de 80 e nada mais é do que o protocolo padrão para o envio de email pela internet. É baseado em linhas de comunicação simples, que garantem o envio de forma segura.

Ele também é fundamental para integrar funcionalidades automatizadas de uma página ou de um sistema ao enviar emails transacionais, ou seja, aqueles emails que são disparados a partir de uma ação do usuário e também quando é preciso enviar uma grande quantidade de mensagens personalizadas. Neste texto, você vai entender como os desenvolvedores podem utilizar o SMTP, quais os recursos mais buscados e quais são as diferenças em relação ao email marketing!

SMTP e Email Marketing: entenda as diferenças

O email marketing tem a ver com uma campanha para divulgar sua marca, uma promoção ou um produto, por exemplo. Você dispara esse tipo de e-mail para uma base de contatos que tenham a ver com a ação e espera que eles cliquem na oferta, entrem em seu site, etc.

Já o SMTP são enviados a partir de uma ação do usuário em um site, aplicativo ou e-commerce seu ou de seu cliente, como quando a pessoa:

  • faz compra em uma loja virtual e recebe e-mail de confirmação;
  • recebe e-mails de notificações automáticas sobre seus serviços, funcionamento ou acompanhamento;
  • solicita uma troca de senha;
  • envio de faturas e boletos;

Por isso, é importante não confundir as funcionalidades para não desperdiçar os disparos do seu plano.

O Email Marketing é uma ferramenta para divulgação de baixo custo que permite a comunicação com clientes e o envio de campanhas para uma lista de destinatários com um único disparo. Aproveite para descobrir como gerar negócio com o Email Marketing acessando um guia para desenvolvedores.

Recursos e características

A plataforma SMTP conta com muitas vantagens e características técnicas que facilitam o seu trabalho como desenvolvedor:

Webhook

É uma forma de você receber um feedback quanto ao envio feito, ou seja, caso aconteça algum erro você tem essa informação via webhook. Com a ferramenta, é possível programar alguma ação baseada no erro ou na interação. Por exemplo, caso você queira reagir a uma abertura de envio feito ou a algum erro tomado dentro do sistema. O Webhook, portanto, é responsável por automatizar os processos de análises de e-mails via callback.

Vale dizer que cada um desses eventos conta com uma requisição do tipo post para a URL que está configurada no painel!

API

Trata-se de uma alternativa de envio para e-mails. Em vez de você usar um protocolo de e-mail SMTP, é possível utilizar outro protocolo, integrando as aplicações.

Envio de anexo

Da mesma forma que é feito um envio normal do SMTP com anexo, é possível fazer isso na própria plataforma, com mais segurança e sem limites rigorosos de quantidade ou tempo. Uma tranquilidade extra é que a plataforma é compatível com todos os formatos mais conhecidos de conteúdo de email.

Histórico de consumo

Essa informação está disponível no painel do usuário, assim, além de ter as informações de configuração, você tem a chance de checar relatórios dos envios. Isso acontece até de forma retroativa, como de meses atrás: o histórico todo está em um gráfico para acesso e análise.

Gerenciamento de IP

Os IPs utilizados pelos clientes para fazer os disparos são compartilhados para gerenciar a reputação junto aos provedores. Assim, você fica livre de monitorar como os IPs estão enviando e balanceando para onde vão sair os disparos.

Painel intuitivo

O painel do SMTP conta com relatórios de entrega, abertura, denúncias de spam e bounce, e uma amostra do que já foi consumido. Ao ler o relatório, você entende como melhorar as entregas, por exemplo, retirando dos contatos os emails inválidos — prática que vai diminuir as taxas de bounce.

Outra característica do SMTP é que ele é plugável, independentemente da linguagem  e você já pode usar rapidamente.

Para fazer uma navegação pelo painel do SMTP é só clicar aqui!

Dicas para um bom uso: veja como otimizar os envios

Evite pegar contatos que não desejam receber o tipo de conteúdo enviado. O provedor pode rejeitar e a chance é muito maior de cair em spam.

Outro conselho é quanto à formatação dos e-mails. É preciso ter todo um cuidado para formatar o email com o conteúdo que seja feito em diversos provedores, como HTML5, JavaScript.

Outra dica essencial e que compromete a performance da solução pode ocorrer ao utiliza-la como uma ferramenta de email marketing. Para entender na prática as diferenças entre as soluções, leia o Guia de Email Marketing para devs.

Começando a gerar negócios com o SMTP

Agora que você já percebeu como o SMTP oferece diversas vantagens para o seu dia a dia, chegou a hora de identificarmos como integrar essa solução no seu portfólio.

Faça um review no painel do SMTP e descubra quais são os recursos que a solução vai te oferecer. Aproveite para falar diretamente com um especialista e conhecer o produto de forma completa. Basta acessar esse chat.

E para gerar negócios com o SMTP, identifique o perfil dos seus clientes e como oferecer a solução de forma integrada no seu portfólio (profissionalizando suas entregas e gerando mais receita). A busca mais comum entre as empresas é justamente para automatizar processos e notificações com velocidade na entrega de mensagens. Um dos usos mais comuns podem oferecer ainda notificações de compras em e-commerces, emissão de folhas de pagamento e de ponto, alertas em CRM, envio de boletos de instituições de ensino e outros.

Vale lembrar que se o seu cliente tem a necessidade de emitir alertas, e-mails e notificações automáticas, o SMTP é a solução com maior desempenho e velocidade.

Aproveite o período de Black Friday e faça um mapeamento dos clientes que você possui, e que precisam da solução. A época mais competitiva do ano, também é uma oportunidade para você gerar negócios como desenvolvedor. Fica a dica!

 

Exibir ComentáriosOcultar Comentários

Faça um comentário