A evolução da tecnologia trouxe muitas vantagens para os usuários. Porém, em alguns casos pode ser possível que as senhas sejam usurpadas por hackers.

Um dos casos que se tem notícias sobre o vazamento de senhas na internet foi o que ocorreu com o Linkedin, Netflix, LinkedIn, MySpace, Minecraft e outros, no qual uma lista com 1,4 bilhão de logins/senhas foram prejudicadas.

Incidentes como esse podem colocar informações importantes da empresa em risco. Como todo cuidado é pouco, separamos 5 dicas para proteger suas senhas online;

1. Tenha senhas distintas para cada canal, pois se houver vazamento de dados, você correrá o risco de ter seus acessos hackeados;

2. Use um mix de letras, números e caracteres especiais. Quanto maior for sua senha, melhor, ou seja, ela deve ser longa e difícil;

3. Mude as senhas com certa periodicidade – o indicado é que seja realizado a cada 90 dias;

4. Não utilize dados que que tenham a possibilidade de serem descobertos como: nome dos pais, escola que estudou, comida que mais gosta de comer, etc;

5. Não compartilhe suas senhas por mensagens de texto, e-mails, etc.

Vale ressaltar que, se ocorrer uma revelação de senha online, informações que deveriam ser restritas somente a algumas pessoas podem ficar disponíveis a qualquer um.

Para evitar as ameaças ocasionadas por vírus à segurança da informação é interessante protegê-las através de softwares voltados para esse fim. Assim, diminuirá a chance de invasão, perda de informações, furtos e vazamento de senhas, pois será prevenido o acesso não autorizado a danos e interferências.

Hoje em dia, é cada vez mais comum produtos e serviços que ‘forçam’ de tempos em tempos a troca de senhas. Isso impede invasões e garante a segurança dos seus dados.

Esses cuidados são de suma importância para a confidencialidade das senhas online utilizadas no seu negócio a fim de não comprometerem as atividades da sua empresa.

Assine nossa newsletter e receba dicas e informações para as suas estratégias digitais! Cadastre-se!

Exibir ComentáriosOcultar Comentários

Faça um comentário