Mesmo diante da crise, alguns empreendedores estão confiantes em relação aos seus desempenhos nas próximas datas comemorativas. 

Diversas empresas que vendem pela internet estão aguardando a chegada do dia das mães para girar o estoque e aumentar suas chances de faturamento. 

Para te ajudar a aumentar sua receita e se diferenciar dos seus concorrentes em uma das épocas mais importantes para o varejo, selecionamos 7 dicas para vender mais no dia das mães. Conheça agora mesmo!

1. Avalie o desempenho da plataforma de e-commerce 

Se você já tem uma loja virtual, precisa estar atento ao desempenho da sua plataforma. As datas comemorativas aumentam o número de acessos e o tráfego das suas páginas, consequentemente.

Por isso, a primeira tarefa começa pela sua plataforma: verifique a capacidade da sua hospedagem e acompanhe os acessos da sua loja para não ter surpresas. Oscilações, falhas no carregamento e ferramentas gratuitas podem comprometer seus resultados e impactar a experiência dos seus visitantes. 

Outro cuidado fundamental para quem vende na internet está relacionado ao uso de outras ferramentas digitais que podem auxiliar na segurança da sua loja. 

Confira se sua página está criptografada com um certificado de segurança, e verifique seus meios de pagamento para garantir segurança e funcionamento durante a jornada de compras do seu cliente.

 

+Leia mais: Qual hospedagem de sites escolher?

2. Personalize sua loja virtual

Depois de validar o desempenho da plataforma, chegou a hora de criar uma personalização para sua loja virtual. 

Para começar reúna os produtos que serão utilizados e os quais mais geram demandas. Faça a exposição do seu catálogo principal na home page da sua loja. Isso poderá ajudar nas conversões e facilita o encontro dos principais produtos. Aproveite para destacar promoções e as melhores ofertas.

Verifique quais páginas mais oferecem tráfego ou conversão, e insira gatilhos como pop-ups, formulários e banners para atrair visitantes – sem poluir ou comprometer a experiência do seu visitante. 

3. Segmente seus contatos 

Essa é uma das estratégias mais eficazes: sua base de contatos está em momentos diferentes. Isso significa que você precisará dividir esforços e identificar formas de segmentação por interesse e comportamento. 

Se você já utiliza um e-mail marketing, basta criar uma lista com as pessoas que possuem as mesmas informações, fazendo recortes por dados demográficos, interesses ou comportamentos. 

Dessa forma, você personaliza seus comunicados e consegue gerar ainda mais compatibilidade com produtos e informações que atraiam. 

Além disso, considere trabalhar a segmentação nas redes sociais para compartilhar suas campanhas com um público em potencial. 

 

+Teste: Conheça o E-mail Marketing Locaweb!

4. Crie uma campanha de ação integrada 

Plataforma verificada e personalização criada. Agora chegou a hora de construir uma ação de vendas que alie comunicação e ações integradas entre todos os seus canais. 

Lembre-se que não basta apenas personalizar a sua loja, é necessário compartilhar as suas ações com a ajuda do e-mail marketing e das suas redes sociais. 

Para isso, crie um calendário para compartilhar comunicações e publicações, garantindo recorrência e maior alcance. 

Lembre-se de utilizar os mesmos elementos visuais e promover uma experiência entre todos os seus canais.

5. Use as redes sociais

Falando em redes sociais, você já deve ter percebido que elas se tornaram um instrumento de vendas importante, certo?

E não é só isso: elas podem aumentar o tráfego para sua loja em até 70%. Insira links na biografia da sua empresa e compartilhe conteúdos da sua loja virtual para estimular novas interações.

Torne sua conta comercial e acompanhe métricas e análises em tempo real para entender ainda mais os efeitos da ação para sua rede de seguidores.

Dica extra: não compartilhe apenas conteúdos para vender. Crie publicações que possam informar e auxiliar seus seguidores a se decidirem pelos seus serviços. 

6. Foco no atendimento aos clientes

O atendimento de uma empresa é a porta de entrada dos seus clientes. E graças a essa operação, é possível vender produtos e fidelizar consumidores. Mas para isso, é necessário acompanhar o comportamento dos seus clientes e garantir um suporte de qualidade. 

Ferramentas como PABX e Desk 360 podem servir para atender, gerenciar e metrificar seu atendimento, garantindo qualidade e precisão para seus clientes. 

 

+Saiba mais: Gestão de atendimento para empresas!

 7. Acompanhe suas métricas 

Acompanhar números e analisar dados é a parte mais importante para quem vende na internet. 

Seja qual for suas ações ou campanhas, tire um tempo para acompanhar quais resultados foram gerados. Essa é a melhor forma de validar seus esforços e conhecer o que funciona para sua rede.

Entre as principais métricas estão acessos do site, números de conversões, abertura e cliques em e-mails. Além disso, todas as ferramentas sugeridas neste post, também fornecem uma base dados. Fique de olho e acompanhe!

E se você chegou até aqui, baixe o “Passo a passo para criar uma loja virtual” e conheça todas as estratégias para impulsionar a sua empresa e aumentar resultados.

Exibir ComentáriosOcultar Comentários

Faça um comentário