Conheça as principais métricas do E-mail Marketing

em Email Marketing.

blog6

Um dos grandes diferenciais em adotar uma estratégia de divulgação e relacionamento que use o e-mail marketing como ferramenta é poder de mensurar os resultados das ações feitas.

Poucas ferramentas no mercado oferecem dados tão precisos quanto o e-mail marketing, basta saber como aproveitar os relatórios para avaliar o sucesso da ação, corrigir erros e estabelecer novas metas.

As informações dos relatórios, quando bem analisadas, ajudam a estabelecer um histórico de como cada cliente está interagindo, para que assim, você possa criar conteúdo relevante e entregar suas mensagens nos melhores dias e horários para os seus clientes.

Vamos à prática então. A primeira atitude que você deve ter em mente é: Não adianta “dar uma olhada” nos relatórios, é preciso ir além e explorar da base total de contatos, quantos e-mails foram enviados, e destes quantos foram efetivamente entregues, quantidade de pessoas que visualizaram o e-mail e o volume de cliques gerados, por exemplo.

Conheça as principais métricas do e-mail marketing para otimizar suas campanhas:

TAXA DE ABERTURA

2É um dos indicadores mais usados, mostra a quantidade de usuários que abriram a sua mensagem e ajuda no direcionamento das campanhas – os conteúdos que tiveram maior taxa de abertura certamente são os que geram mais interesse no seu público. Um dos fatores de maior influência da taxa de abertura é a linha de assunto, que é a primeira informação vista no e-mail. É na linha do assunto que acontece a primeira classificação, quando o usuário já define se acha aquele conteúdo interessante e atrativo.

Para ter altas taxas de abertura invista na segmentação das suas listas por temas e conteúdos. Crie assuntos que sejam atrativos, convincentes, estimulem a curiosidade e ofereçam um benefício ou oferta de forma direta.

TAXA DE CLIQUES
3
Sempre falamos sobre a importância da mensagen ter um call-to-action (link ou botão no e-mail que leva o usuário a realizar alguma ação) claro e definido, e é através da taxa de cliques que você pode descobrir se o seu call-to-action foi bem-sucedido. Uma quantidade relevante de pessoas que tenham clicado no seu e-mail significa que o conteúdo enviado é realmente interessante e atrativo, e que o conteúdo do e-mail foi entendido. Por isso pode-se dizer que a Taxa de Cliques é a métrica mais importante do e-mail marketing.

Devido ao aumento crescente de vírus enviados por e-mail, os usuários têm cada vez mais medo de clicar em um conteúdo que não seja de sua total confiança. Por isso, para ter uma boa taxa de cliques, invista na conquista da confiança da sua base de contatos e sempre deixe claro que você o remetente dessa mensagem. Também é importante deixar os links e botões visíveis, com cores atrativas e frases diretas e uma abordagem transparente – jamais disfarce links ou direcione para páginas que não tenham relevância com o conteúdo ou que não sejam administradas por você.

DESCADASTROS E BOUNCES

4Sempre configure os motivos de descadastramento (opt-out) da sua conta, essa é a única maneira de entender o porquê houve desinteresse da sua base de contatos em receber suas campanhas. Sempre confira se suas mensagens não estão sendo muito frequentes, com conteúdos repetitivos ou genéricos.

Já o bounce aponta para a qualidade da sua lista. Erros como “Servidor de destino não existe”, “É incapaz de receber e-mails” ou “Entrega não autorizada da mensagem recusada” mostram que a sua lista de contatos pode estar desatualizada e precisando de uma limpeza. É importante lembrar que altas taxas de bounce é um indicador usado pelos provedores de e-mail para classificação de spam, por isso é importante manter o bounce sob controle.

E, lembre-se, as campanhas de e-mail marketing são muito mais do que simplesmente fazer disparos de mensagens. Usar os resultados de envio para estudar o comportamento da sua base é a forma mais simples de obter informações importantes sobre os seus clientes e comportamento do mercado. O uso dessas informações para otimizar as campanhas vai ajudar você a deixar os envios mais eficientes e a alcançar resultados melhores.

Quando falamos em métricas, não custa reforçar: não existe um número certo ou referência a ser perseguidos – uma taxa de abertura de 20% pode ser um número ruim para uma base de 100 contatos, mas para uma base de 1.000 não. Defina quais são os indicadores que impactam o seu negócio e sempre os use como principal referência.

Agora, mãos à obra!

Até a próxima!

Você também pode gostar

blog-5dicas