Eu não tenho tempo para SEO!

em Produtos, SEO.

orago 27

Se você faz trabalhos freelance ou é o dono ou funcionário de uma pequena empresa, você sabe que frequentemente atividades de otimização são deixadas em segundo plano. Isso porque:

1- É melhor deixar para os experts: “… em algum momento eu vou conseguir espaço no meu orçamento para um especialista em SEO”.

2- Nunca é tão urgente ou importante quanto outras tarefas que você tem: “…eu tenho que fazer essas outras atividades prioritárias, porque se eu não fizer isso, terei um impacto real e imediato no meu negocio”

3- Você cumpre muitas/todas as funções na sua empresa, e, por ser uma tarefa única, com certeza leva muito tempo e dedicação.

Essas barreiras resumem-se basicamente à falta de tempo e à falta de experiência. Por que as reais consequências de não dedicar recursos a SEO não são aparentemente imediatas (como aquele incêndio que você tem que apagar rapidamente), nunca parece realmente urgente, só algo que você deve fazer, eventualmente.

Então a questão na verdade é: como incorporar tarefas de SEO na sua rotina diária?

Tradução-imagem

A primeira coisa que você deve determinar é se você deve investir em um especialista de SEO ou uma agencia.

Lembre-se que a melhor coisa que você pode fazer pelo seu site é criar conteúdos relevantes e de qualidade que são valorizados por seu visitante. Normalmente, será você ou alguém na empresa que realmente entende o que será mais interessante e útil para o seu público alvo. Se você terceirizar esse serviço, perde alguns insights e toques pessoais. A nossa sugestão é que você mesmo avalie se você tem recursos ou se existe a necessidade de uma agência ou especialista. Acredite: o básico normalmente é uma boa opção. Juntamente, você deveria ainda estudar sobre SEO – não é realmente complicado, só exige tempo! Se você entender sobre o que se trata, você será capaz de desenvolver sobre o assunto ou contratar a pessoa certa para fazê-lo.

Então, se você chegou a esse ponto do texto, você já decidiu que um especialista ou agência não são a melhor aposta, e você quer trabalhar com SEO internamente, de maneira prática e produtiva.

Antes de começar, você tem que repetir, e realmente acreditar no seguinte: Primeiro, você está otimizando seu site e seu conteúdo para as pessoas, não para o Google, ou Bing, ou Yahoo, etc. Segundo, não fique obcecado com os posicionamentos! Uma das razoes do SEO ser frustrante e difícil para se manter é o fato de gerar poucas “vitórias rápidas”. Você não terá muita satisfação ou resultados imediatos. Isso não quer dizer que não está funcionando. Conteúdo e SEO são trabalhos de longo prazo.

Inevitavelmente você precisará investir algum tempo em pesquisa no início. A vantagem é que você só terá que fazer esta pesquisa uma vez. É crucial que você tenha uma visão geral sobre SEO.

1. Termine essa lista de leitura (superinteressante e indolor, mas em inglês):

     a) Guia para iniciantes em SEO – Buffer’s Guide for the complete beginner

     b) Lido por mais de 1 milhão de pessoas por uma razão – Moz’s Guide.

     c) Veja o que o Google tem a dizer – Google has to say

2. Encontre ferramentas para ajudar a automatizar o processo

     a) Colibri – boa integração com Google Analytics

     b) WooRank  – explicações simples, e mostra o nivel de dificuldade da tarefa.

     c) Moz – exelentes recursos e uniformidade.

     d) QuickSprout – extremamente simples e fácil de entender

     e) semRush – otimo para informações de concorrentes

     f) Positionly – foco nas palavras chave

     g) Smple.co – foco em mídias sociais

     h) Orago – deixamos o melhor para o final! – totalmente em português, perfeito para usuários sem tanto conhecimento técnico.

1. Misture essas ferramentas: Tenha seu site analisado por todas essas ferramentas (ou as quais você decidir escolher) e você terá uma visão 360º de onde se encontra seu site.

2. Analise o site de um concorrente nessas ferramentas para ter uma ideia de onde ele se encontra.

3. Volte a usar essas ferramentas pelo menos duas vezes por semana.

4. Você receberá uma lista de tarefas da maioria desses sites.

5. É importante ser consistente, primeiro para se familiarizar como essas ferramentas funcionam, e, segundo, começar a ter o hábito de incorporar tarefas de SEO em sua rotina diária.

6. Implemente as recomendações passadas!

    a) Existem muitas tarefas que você mesmo pode realizar, e algumas que você terá que recorrer ao seu desenvolvedor para fazer. A primeira vez que você fizer o diagnostico do seu site, provavelmente você receberá uma lista imensa de tarefas a fazer. Muitas delas serão feitas uma única vez, então tire-as logo do seu caminho prioritariamente.

    b) Alavancar as mídias sociais: nós falamos como é difícil alcançar “vitórias rápidas”, mas com as redes sociais você tem a oportunidade de ver mudanças em tempo real.

    c) Alavancar o Google Analytics (se você não tem no seu site ou não tem certeza sobre o que se trata, aqui tem um lugar para começar). O Google Analytics é extremamente potente e você não tem que ser um especialista para conseguir informações úteis. Se você gerar estes relatórios, você terá uma boa ideia: do tráfego orgânico em relação ao tempo, demografia, e Como seus visitantes se movimentam através da sua página.

7. Uma vez que você tem a manha do processo, em algumas semanas, você pode cortar algumas das ferramentas que tem sido menos usadas ou as mais confusas para você e tente investir todos os seus recursos em apenas uma ou duas.

8. Experimente quando se trata de conteúdo e mídias sociais.

    a) A única maneira de saber o que funciona é experimentando: com títulos, posts no blog, hashtags, imagens, conteúdo promovido. Mantenha-se ligado que canais e tipos de conteúdo estão gerando trafego.

9. Faça uso do atendimento ao cliente

    a) Sejam quais forem as ferramentas que você escolher, lembre-se que eles tem uma equipe cheia de conhecimento e eu posso te garantir que eles estão felizes em responder todas e quaisquer perguntas suas e mostrar o seu valor.

10. “Devagar e sempre” não funciona, rápido e sempre, sim! 

     a) Apesar do trabalho de SEO ser um processo lento e seus resultados não serem imediatos, você tem que reagir rapidamente às falhas, picos e quedas de trafego e realizar as tarefas que foram recomendadas pelas ferramentas.

11. Mantenha-se organizado

     a) Especialmente no começo, quando você vai ter muito trabalho. Isso vai até exceder o tempo, não se preocupe!

     b) Faça plano 1-3-5 para a semana, relacionados às tarefas de SEO até você realizar todas as mais importantes, depois você pode fazer o plano 1-3-5 duas vezes por mês para fazer a manutenção. Um plano 1-3-5 significa que você vai realizar uma grande tarefa (ou a mais difícil), 3 tarefas de nível médio e 5 pequenas tarefas.

E aí está! Você terá que dedicar algum tempo no inicio, mas depois você terá a satisfação das coisas irem tomando seu lugar, e formando um hábito de completar tarefas de SEO.

não tem SEO

 

 

Você também pode gostar