Ter um negócio online — seja um blog, um site ou uma loja virtual — exige estratégias de SEO eficientes, pensando em conteúdo, SEO local, plugins de WordPress (WP) e diversos outros fatores que influenciam diretamente no ranqueamento — ou seja, se o seu site vai aparecer ou não nas primeiras páginas de buscadores como o Google.

Neste texto, falaremos sobre a importância de o WordPress e como essa plataforma pode ajudar a sua presença digital a evoluir, assim como suas conversões. Vamos lá?

Por que o WordPress é uma plataforma amigável para SEO?

Quando você dá início a um blog, um site ou uma loja virtual, precisa escolher seu sistema de gerenciamento de conteúdo (a sigla CMS vem do inglês Content Management System). Essa escolha deve ser muito bem pensada, já que vai influenciar seu ranqueamento e a facilidade de publicar. Nesse caso, o WordPress é sempre bastante usado por trazer simplicidade e SEO amigável.

De acordo com uma pesquisa do site Gotech Seo, das pessoas que usam um CMS, a maior parte delas (45%) prefere o WordPress. Depois dele vem o MediaWiki, com apenas 6% de usuários. O estudo analisou mais de 10 mil palavras-chaves e a maioria corresponde a sites e blogs feitos em WP. Mesmo analisando diversas URLs, a preferência se manteve.

O motivo para esse favoritismo gritante? Não é preciso um conhecimento técnico de desenvolvedor para fazer um site que apareça bem nas buscas e, além disso, os plugins de WordPress guiam você para otimizar o SEO. Outros CMSs não dão essa possibilidade, assim como o PHP, para quem desenvolve um blog ou site desde o início.

Quais são os plugins de WordPress que contribuem para a estratégia de SEO?

Apesar de a plataforma WP, sozinha, já ajudar bastante, os plugins de WordPress são o maior diferencial. Há diversos que podem ser escolhidos para que seu negócio suba de nível nas buscas do Google. A seguir, veja quais são os 10 principais!

  1. Yoast SEO: é um dos mais populares e pode ser o ponto de partida para aperfeiçoar seu SEO. O Yoast SEO também ajuda a criar melhores conteúdos.
  2. All in One SEO Pack: é uma boa alternativa ao Yoast SEO, pois oferece todo o controle que você quiser e é simples para iniciantes. Além disso, o All in One SEO Pack avisa automaticamente buscadores, como Google e Bing, sobre as mudanças no site.
  3. Google XML Sitemaps: este é um dos plugins de WordPress que facilita seu ranqueamento ao gerar um sitemap automático, o que ajuda os buscadores a indexarem seu site ou blog de maneira ágil.
  4. Yet Another Related Posts Plugin (YARPP): este plugin permite reduzir sua taxa de rejeição e aumentar o tempo que os usuários ficam em seu site, mostrando a eles os seus conteúdos mais relevantes.
  5. WPtouch Mobile Plugin: seu site precisa rodar bem em dispositivos móveis para ranquear. Com esse plugin, você pode adicionar um tema mobile e facilitar essa missão.
  6. SEO Optimized Images: as imagens do seu blog ou site devem se adequar à estratégia e o SEO Optimized Images adiciona Alt+Title para tornar o SEO amigável.
  7. Google Analytics for WordPress by MonsterInsights: a principal função deste plugin é a capacidade de analisar seus dados do Google Analytics pelo painel de controle do WordPress.
  8. W3 Total Cache: o objetivo do W3 Total Cache é melhorar a velocidade do seu site, blog ou loja virtual, o que vai proporcionar uma ótima experiência ao usuário. 
  9. Broken link Checker: sabe quando o link sofreu mudanças ou foi apagado? E quando as imagens não aparecem? O Broken link Checker faz essa checagem de forma automática.
  10. Aksimet: o Akismet é um plugin tão importante que já vem instalado na Hospedagem WordPress. O ideal é ativá-lo, pois este plugin de WordPress é um filtro ativo de spam que bloqueia e descarta os piores casos automaticamente.

Que outros cuidados é preciso ter em relação ao SEO?

Todos estes plugins de WordPress trabalham muito pelo seu SEO, “atacando” em diversas frentes — assim como conteúdos de qualidade, com palavras-chave que fazem sentido ao seu negócio. Porém, só isso não é o suficiente para seu site aparecer entre as primeiras posições do Google. Também é preciso levar em conta hospedagem e segurança, como você verá a seguir.

Hospedagem de qualidade

Quando você contrata uma hospedagem de baixa qualidade, existem indisponibilidades que podem ser rastreadas pelo Google, prejudicando seu ranqueamento. E tem mais: performance e latência são essenciais para manter o site com carregamento saudável, pois a velocidade desse item também é um fator relevante para os motores de busca. 

+Conheça: Hospedagem WordPress Locaweb!

Privacidade e segurança

A adoção de tecnologias para a estratégia de segurança de dados e privacidade se torna essencial.. Veja a seguir quais medidas adotar para proteger o seu site e o tráfego de dados!

  • SSL: o certificado SSL garante a validação de domínio e criptografia de dados. Ou seja, se um hacker invadir o site, não conseguirá ler dados pessoais. Ter um SSL permite contar com o protocolo HTTPS de navegação segura e melhora o ranqueamento. Quem não tem esse certificado é apontado pelo navegador como site “não seguro”, o que pode afastar os visitantes.
  • Atualizações de WordPress: no passado, o WP era visto como uma plataforma vulnerável a invasões e crimes cibernéticos. Ao longo dos anos, a WordPress.org aprimorou sua plataforma e hoje já disponibiliza, constantemente, updates de correção de bugs e segurança. A Hospedagem WordPress garante que a plataforma esteja sempre na versão mais recente, com uma rotina de atualizações automáticas, mantendo o ambiente do cliente mais seguro.

Além de contar com os plugins de WordPress, a contratação de uma hospedagem de qualidade e um ambiente seguro são essenciais para uma boa estratégia de SEO. Então, o ideal é colocar todas essas dicas em prática o quanto antes!

Agora que você já está por dentro dos plugins de WordPress e sabe como otimizar seu SEO, acesse mais conteúdos para desenvolver seus próximos projetos!

Exibir ComentáriosOcultar Comentários

Faça um comentário