Contar com um conteúdo relevante é meio caminho andado para que o site da sua empresa alcance o melhor posicionamento nos resultados orgânicos do Google, Yahoo e Bing. Afinal, informação de relevância é fator determinante para a classificação das páginas nos mecanismos de busca.

seo 15

Porém, há algumas questões técnicas que devem ser consideradas na hora de realizar a otimização do site. Até porque os buscadores atualizam constantemente seus algoritmos com o objetivo de melhorar a experiência dos internautas e, por isso, é importante estar por dentro destas questões mais tecnológicas.✓

Para garantir que o site da sua empresa conquiste um bom ranqueamento nos resultados orgânicos, separamos aqui cinco dicas que você deve incorporar na estratégia de SEO.

1- Escolha uma plataforma com estrutura para SEO

Seja o seu site um portal, uma página institucional ou um e-commerce, ele deve ser programado com um sistema “amigável” aos sites de busca, ou seja, conter em sua estrutura ferramentas que auxiliam o SEO, como códigos, textos e imagens que possam ser interpretados

 Metatags: Um dos códigos mais importantes utilizados no início do código fonte de cada página, as metatags são palavras que orientam os buscadores sobre o conteúdo do site. As que não podem faltar no header são as metatags de descrição de página, que é o que aparecerá no resultado da busca e, dessa forma, auxiliar o usuário a identificar o assunto da página antes dele clicar no link; e as metatags robots, que controlam o comportamento do rastreamento e da indexação dos mecanismos de pesquisa. Há ainda a tag de título, que é a informação que será exibida como título da página nos resultados da pesquisa. Não use termos genéricos na hora de definir as metatags e seja criterioso, pois quanto mais específico você for, maiores são as chances do seu site aparecer em uma boa posição nas buscas.

 URLs amigáveis: são endereços em que é mais fácil identificar o conteúdo do link, não só para os internautas, mas também para os motores de busca. Elas geralmente começam com o endereço do site, seguida da categoria e do título da página. Quer um exemplo? http://blog.locaweb.com.br/geral/como-ganhar-visibilidade-nos-buscadores/. Endereços cheios de símbolos e números que, a princípio, não fazem sentido algum, não estão com nada.

 Sitemap: é o mapa do site, com todas as URLs das páginas, que serve para guiar os buscadores. O sitemap também facilita o trabalho de SEO, pois dá uma visão geral do site.

Evite sites feitos em Flash ou apenas com imagens, pois eles não oferecerão os códigos e todas as informações necessários para que os buscadores ranqueiem da melhor forma o site da sua empresa.

2- Utilize uma ferramenta de monitoramento de buscadores

Acompanhar e analisar a performance das páginas é tarefa básica para otimizar seu site. Para quem está começando agora a desenvolver um projeto de SEO, nem sempre é fácil entender os dados relacionados aos buscadores para traçar uma estratégia de presença online.

Ao contar com uma ferramenta que monitora o seu site em relação aos mecanismos de busca, você tem acesso não só a informações sobre as melhores palavras-chave e a qualidade dos links externos utilizados no conteúdo produzido, mas também ao que fazer com estes dados.

Uma destas ferramentas é o Orago, o novo produto da Locaweb, que funciona como um consultor, pois sugere tarefas simples para que seu site fique alinhado com os critérios dos buscadores. Ele faz um diagnóstico do site, sugere e monitora palavras-chave, acompanha páginas concorrentes e também analisa a presença digital da sua marca em redes sociais.

As vantagens do Orago em relação a outras ferramentas é que ele é todo em português e conta com suporte ilimitado grátis 24 horas.

3- Saiba quais são as melhores palavras-chave

Quando se fala em SEO, a primeira coisa que vem à mente de qualquer profissional de marketing é “palavras-chave”. Contudo, esta questão não é tão simples assim. É preciso desenvolver seu site e o conteúdo dele com os termos corretos.

Para isso, você pode fazer uma pesquisa em ferramentas específicas para descobrir quais palavras-chave são as mais buscadas e também a concorrência média de cada termo. Isso porque usar as palavras mais buscadas e muito concorridas nem sempre é garantia de que seu site vai aparecer nas primeiras posições da busca. O Orago também oferece este tipo de serviço.

4- Aposte no link building

Se o seu site é novo, pode implementar sua estratégia de SEO com a construção de links que levam até a sua página em outros sites da internet. Isso porque quando outras páginas linkam o seu site, você ganha credibilidade nos mecanismos de busca.

A melhor maneira de fazer isso é desenvolver um blog no seu domínio para produzir conteúdo relevante. Dessa forma, você gera links espontâneos. Outras formas de link building são divulgar seu endereço em fóruns e blogs que sejam acessados pelo seu público-alvo e também nas redes sociais. Mas utilize esta técnica sem exageros.

5- Dê uma atenção ao nome das imagens

Sabe o que falamos sobre endereços com símbolos e números sem sentido? Pois esta regra também vale para o nome das fotos. Deixar as imagens com aqueles nomes automáticos bizarros gerados pelas câmeras fotográficas (tipo IMG7486.jpg) dificultará a leitura feita pelos buscadores. Por isso, coloque um nome que tenha relação com a foto e o conteúdo da página.

O sistema do seu site com certeza possui campos como descrição, legenda e texto alternativo para as imagens. Este último é o que mais conta para o trabalho de SEO, pois é ele que aparece quando a figura não carrega.

Quer saber mais sobre as melhores formas de melhorar sua estratégia de SEO? Acesse: www.locaweb.com.br/orago