O e-mail marketing ainda é um dos canais de comunicação mais eficazes para estratégias de marketing e também uma das opções mais compatíveis para integração com outras plataformas. 

Com uma solução de e-mail marketing é possível se comunicar com um grande número de pessoas de maneira personalizada e automática, otimizando esforços de investimento com mídias e publicidade. 

Graças a facilidade para criar e enviar mensagens, é possível aplicar ações para aumentar o engajamento com a sua marca, conquistar novas conversões e estimular novas compras.

Entretanto, existem muitas dúvidas que podem percorrer a aplicação da estratégia. Hoje vamos te ensinar a como criar campanhas de e-mail marketing e quais são as principais ações para se atentar desde o momento de preparo até o pós-disparo. 

Acompanhe o nosso artigo e anote todas as dicas!

1. Escolhendo sua solução de e-mail marketing 

Essa é a primeira tarefa na qual você deve se atentar. A escolha da sua solução de e-mail marketing deve visar recursos e funções próprios para o seu dia a dia.

Entenda qual ferramenta pode servir para as suas necessidades e quais são os limites de contatos e envios mensais disponíveis.

É provável que com o tempo sua base de contatos aumente e você precise, consequentemente, aumentar suas listas ou quantidades de disparos. Por isso, estude e escolha uma solução que será compatível a médio e longo prazo. 

Recursos como disponibilidade de templates, campos personalizáveis, testes de envio, adição de formulários e painel de acompanhamento e gerenciamento são fundamentais para garantir boas práticas no dia a dia.

Outra dica fundamental é optar por ferramentas que se integram facilmente ao seu site e que permite criar campanhas de e-mail marketing para captação de novos contatos. 

2. Definindo seus pontos de conversão

Para criar campanhas de e-mail marketing é necessário, sobretudo, ter uma base de contatos que tenha consentido receber comunicações e que seja gerada a partir dos seus próprios canais.

Essa é uma das principais regras para determinar ações saudáveis e eficazes. 

Se você já possui um site ou já atua no ambiente online, existem diversas opções que podem te ajudar a construir gatilhos de conversão para conquistar novos leads. Adição de formulários, assinaturas de newsletters, downloads de materiais, inscrições em eventos e listas de clientes podem ser consideradas para envios. 

Entretanto, com a LGPD em vigor, um dos principais cuidados é o senso de enviar comunicações somente para pessoas que aceitaram receber notificações. Para isso, adicione em todas as suas ações de conversão e interação, botões de consentimento e lembre-se de filtrar dentre as listas pessoas que, de fato, queiram ser impactadas

3. Cuidados para adotar antes dos envios 

Toda a preparação que antecede o envio pode ser decisiva para o sucesso da campanha. Tenha uma estratégia e defina seus objetivos para criar campanhas de e-mail marketing que convertam

Para começar, segmente os seus contatos e fale com quer escutar o que você tem a dizer. A relevância do seu conteúdo está ligado ao interesse de quem o recebe. Baseie-se em variáveis como comportamento e interesse, perfil do destinatário, dados demográficos, históricos de compras, taxas de engajamento e etc. Considere agrupar conforme interesses e comportamentos similares. 

E mais uma vez: tenha autorização do seu contato e crie uma relação de confiança e respeito.

4. Criando títulos e conteúdos para sua campanha 

O assunto do e-mail marketing é seu cartão de visitas e a primeira impressão é a que fica. Nesse caso, a que poderá estimular a abertura do seu e-mail e demais interações. O assunto do e-mail pode ser primordial para se diferenciar entre tantos outros na caixa do seu destinatário. 

Para criar campanhas de e-mail marketing que convertem, aposte em nomes para despertar a curiosidade, incitar perguntas e utilize dados e números. 

Faça testes antes do disparo final e procure identificar como irá aparecer em computadores e celulares, certificando-se que o seu título oferecerá a melhor experiência e leitura para os usuários. 

Capriche e invista em um conteúdo de qualidade: diariamente somos impactados por múltiplas mensagens. Aposte em um conteúdo relevante e que possa ser útil para seus contatos.

Para encontrar boas oportunidades, construa um calendário de e-mail marketing e utilize datas e oportunidades que fazem sentido para compartilhar novidades, promoções e informações pertinentes. 

5. Aplicando um design compatível com a marca

Tudo começa com a sua identidade visual e com a escolha do template. Use logo e cores que remetam a sua marca desde o topo do e-mail. Isso poderá ajudar a reconhecer as mensagens que pertencem a sua empresa, partindo para uma unidade visual compatível com a mensagem da campanha. 

Dê destaque ao que merece destaque. Aposte em call-to-action claro e objetivo, preferindo utilizar verbos de ação para levar a uma interação. 

Opte por uso da tipografia, tom de voz e iconografia que sejam compatíveis com a sua marca. 

E fica a dica: faça um teste em diferentes dispositivos e note como a sua campanha se comporta em diferentes telas. 

6. Humanizando as suas comunicações

Existem diversas opções para criar campanhas de e-mail marketing humanizadas. Essa escolha pode estar presente desde o template escolhido, até mesmo a abordagem das suas comunicações. 

As mais comuns estão na personalização das mensagens, preferencialmente utilizando o nome do seu contato em cada envio (as ferramentas de e-mail marketing possuem como recurso campos personalizáveis que captam informações dispostas nas suas listas de contatos). 

Existem ainda estratégias que englobam envios por remetentes próprios e identificados por nomes (podendo ser colaboradores e/ou mesmo, os responsáveis pelos envios das campanhas). 

Se optar por adicionar uma assinatura de e-mail, lembre-se de não criar personagens fictícios e adicione informações para respostas e contatos rápidos. 

7. Após o envio… acompanhe suas métricas e teste!

Certamente não existe uma receita de bolo ou algo que vá funcionar sempre da mesma forma. Tanto com e-mail marketing quanto com outras ferramentas, é preciso testar e acompanhar para saber o que funciona.

Ao criar campanhas de e-mail marketing, faça envios em diferentes horários, utilize assuntos variados e teste elementos diferenciados. Dessa forma, você conseguirá reconhecer o que funciona para o seu público e poderá otimizar suas próximas criações. 

Aproveite para identificar e mapear suas próprias taxas de entregabilidade, abertura, cliques em links e taxas de descadastros. Acompanhando esses e outros indicadores, você poderá realizar uma limpeza de base constante para falar com quem está engajado com a sua marca, e aumentar sua reputação com os servidores. 

E agora que você chegou até aqui, que tal testar o Email Marketing da Locaweb e aplicar na prática todos os insights que reunimos? Acesse aqui a ferramenta de teste grátis comece agora mesmo a criar uma campanha de e-mail marketing em poucos minutos!

E se você quer continuar por dentro de novas estratégias, continue acompanhando o Blog da Locaweb!