Click to listen highlighted text!
Artigos por
6 minutos

Saiba como fazer o envio de email marketing de maneira eficiente

Ouça o conteúdo deste post clicando neste player

O envio de e-mail marketing tem se mostrado cada vez mais uma ferramenta poderosa, seja para fazer inbound marketing, promover vendas ou o awareness de marca. Segundo uma pesquisa do DMA, comparado a redes sociais e outros anúncios, a taxa de conversão de uma mensagem de e-mail marketing é 66% maior.

Esse sucesso não é à toa: por ser altamente personalizável, o e-mail marketing é uma valiosa ferramenta para mostrar autoridade sobre determinado assunto e criar um relacionamento com o cliente.

Quer aproveitar essa estratégia e não sabe como criar um bom conteúdo, medir os resultados ou até mesmo segmentar seus leads (potenciais consumidores)? Pensando nisso, reunimos neste artigo algumas dicas para ajudá-lo a planejar suas campanhas de e-mail marketing e potencializar seus envios. Confira!

Faça uma comunicação certeira

Acertar na comunicação é o primeiro passo para conseguir que seu e-mail marketing tenha sucesso. Para isso, você deve entender bem o seu público. Uma forma de fazer isso é desenhando as personas, que são representações fictícias dos seus clientes ideais.

Se você trabalha com um e-commerce de vinhos, por exemplo, pode segmentar sua comunicação da seguinte forma: para aqueles que compram vinhos mais baratos (ou seja, estão mais interessados nos preços), pode investir numa comunicação mais direta e com palavras chaves como “oferta”, “preço baixo”, “melhor preço do mercado”, “ótima oportunidade” etc.

Para aqueles que estão dispostos a pagar mais, sua empresa pode investir em conteúdos mais extensos, como matérias sobre curadoria, tipos de uva, acompanhamentos para cada tipo de vinho e outros temas relacionados.

Lembre-se: no marketing, não existe uma forma genérica de comunicar, portanto, estude o perfil de seus clientes.

new RDStationForms(‘email-marketing-teste-gratis-127b8d0dc33a14861bbf-html’, ‘UA-120079229-3’).createForm();

Segmente a lista de e-mails

A segmentação da sua base de leads é uma das boas práticas de e-mail marketing. Nesse sentido, é possível fazer diferentes listas como uma forma de alcançar diversos objetivos.

Se você possui leads que ainda não se converteram em clientes, deve investir no inbound marketing. Seguindo o exemplo da empresa de vinhos, uma boa ideia seria falar sobre os benefícios do vinho para a saúde, a fim de incentivar o cliente a comprar posteriormente.

Se você possui leads que já são clientes, pode oferecer promoções especiais para que virem clientes fiéis, ou seja, sempre realizem suas compras com a sua empresa.

Se você já possui clientes fiéis, os e-mails com conteúdos personalizados como cartas do CEO falando sobre a empresa, sobre o mercado e etc. é uma ótima forma de mostrar que tal cliente é especial, incentivando-o a manter a fidelidade.

Além disso, é possível segmentar clientes de acordo com o engajamento com suas campanhas, para saber quais podem receber e-mails de forma mais intensa. Por exemplo: pessoas que abrem 3 e-mails na semana não precisam receber somente 1, não é? Entretanto, aquela que abre 1 não ficará feliz ao ver sua caixa lotada de e-mails em uma mesma semana. Portanto, segmente!

Utilize uma ferramenta de disparo automático

Uma boa ferramenta de disparo automático de e-mails faz com que o colaborador ganhe produtividade. Por exemplo: você pode criar alguns e-mails automáticos de temas-chave, como: “obrigado(a) pelo contato” e “obrigado(a) por assinar nossa newsletter”. Ao criar um fluxo de automação, sua empresa ganha agilidade e não perde o timing com o cliente.

Além disso, a facilidade de programar e-mails torna possível enviar sua comunicação até durante finais de semana. Você pode prepará-los com antecedência para que sejam disparados automaticamente na data escolhida. Não é o máximo?!

Utilize CTAs

Para aumentar sua conversão, uma grande dica é utilizar CTAs, abreviação para “call to action”. Essa é, literalmente, uma forma de chamar atenção do consumidor para que ele faça algo que você está indicando.

Por exemplo: se você quer que o cliente assine sua newsletter, você pode inserir o link do seu site no conteúdo e até mesmo colocar botões chamativos para incentivá-lo a relizar a ação.

Faça testes A/B

A taxa de abertura pode ser um problema do e-mail marketing, uma vez que, se o e-mail não for aberto, o consumidor não receberá sua comunicação. Realizar um teste A/B é uma forma segura de melhorar essa métrica, pois possibilita o envio do mesmo e-mail, mas com dois títulos diferentes, para uma pequena parcela da sua base.

Ao ver qual título teve maior abertura, a ferramenta já o escolhe e faz o disparo automático, aumentando as chances de que seu cliente abra o e-mail. Portanto, escolha duas opções chamativas e deixe os usuários escolherem!

Envie um teste para você mesmo antes do disparo final

Depois de montar todo o e-mail, chegou a hora de programá-lo ou dispará-lo. Entretanto, um passo interessante de se fazer antes é enviar para si mesmo um teste para verificar se todas as imagens carregam bem, se os links estão todos corretos e garantir que não haja erro de ortografia.

Essa dica é uma das mais importantes porque evita erros que podem pôr toda uma campanha a perder. Por exemplo: em um e-mail sobre um vinho X com um o link que envia para a página de um vinho Y, é muito provável que você perca a conversão do cliente. Então, não pense duas vezes antes de testar!

Monitore os resultados com os KPIs

Os KPIs são conhecidos como indicadores-chave, ou seja, métricas que devem ser utilizadas para descobrir se os esforços estão nos levando ao objetivo traçado.

Os mais comuns no envio de e-mail marketing são: taxa de abertura, taxa de cliques, taxa de conversão e taxas de soft e hard bounce (número de e-mails que não são entregues aos destinatários devido a algum erro, permanente ou temporário). Analise quais deles fazem mais sentido para a sua estratégia e tenha foco!

Aqui na Locaweb existe dois tipos de serviço que podem ajudar a sua empresa! Você tem a possibilidade de disparar e-mails automáticos, personalizá-los, ter relatórios, criar grupos, lista de e-mails bloqueados e muito mais. Além disso, também é possível sincronizar os e-mails com suas tarefas, o que ajuda a otimizar o tempo da sua equipe!

Anotou todas as dicas? Para colher os frutos do envio de e-mail marketing, ele deve ser bem utilizado pela sua empresa. Saber qual conteúdo utilizar, para qual público enviar e como medir isso é a chave para o sucesso.

A comunicação é uma ótima forma de estreitar um relacionamento com o cliente e até mesmo criar uma diferenciação de outras marcas. Portanto, não perca tempo e ponha as ideias em prática já!
[rock-convert-pdf id=”161″]
Gostou do artigo? Então assine agora mesmo nossa newsletter para ter acesso em primeira mão a mais conteúdos como este

  Click to listen highlighted text! O envio de e-mail marketing tem se mostrado cada vez mais uma ferramenta poderosa, seja para fazer inbound marketing, promover vendas ou o awareness de marca. Segundo uma pesquisa do DMA, comparado a redes sociais e outros anúncios, a taxa de conversão de uma mensagem de e-mail marketing é 66% maior. Esse sucesso não é à toa: por ser altamente personalizável, o e-mail marketing é uma valiosa ferramenta para mostrar autoridade sobre determinado assunto e criar um relacionamento com o cliente. Quer aproveitar essa estratégia e não sabe como criar um bom conteúdo, medir os resultados ou até mesmo segmentar seus leads (potenciais consumidores)? Pensando nisso, reunimos neste artigo algumas dicas para ajudá-lo a planejar suas campanhas de e-mail marketing e potencializar seus envios. Confira! Faça uma comunicação certeira Acertar na comunicação é o primeiro passo para conseguir que seu e-mail marketing tenha sucesso. Para isso, você deve entender bem o seu público. Uma forma de fazer isso é desenhando as personas, que são representações fictícias dos seus clientes ideais. Se você trabalha com um e-commerce de vinhos, por exemplo, pode segmentar sua comunicação da seguinte forma: para aqueles que compram vinhos mais baratos (ou seja, estão mais interessados nos preços), pode investir numa comunicação mais direta e com palavras chaves como “oferta”, “preço baixo”, “melhor preço do mercado”, “ótima oportunidade” etc. Para aqueles que estão dispostos a pagar mais, sua empresa pode investir em conteúdos mais extensos, como matérias sobre curadoria, tipos de uva, acompanhamentos para cada tipo de vinho e outros temas relacionados. Lembre-se: no marketing, não existe uma forma genérica de comunicar, portanto, estude o perfil de seus clientes. new RDStationForms(‘email-marketing-teste-gratis-127b8d0dc33a14861bbf-html’, ‘UA-120079229-3’).createForm(); Segmente a lista de e-mails A segmentação da sua base de leads é uma das boas práticas de e-mail marketing. Nesse sentido, é possível fazer diferentes listas como uma forma de alcançar diversos objetivos. Se você possui leads que ainda não se converteram em clientes, deve investir no inbound marketing. Seguindo o exemplo da empresa de vinhos, uma boa ideia seria falar sobre os benefícios do vinho para a saúde, a fim de incentivar o cliente a comprar posteriormente. Se você possui leads que já são clientes, pode oferecer promoções especiais para que virem clientes fiéis, ou seja, sempre realizem suas compras com a sua empresa. Se você já possui clientes fiéis, os e-mails com conteúdos personalizados como cartas do CEO falando sobre a empresa, sobre o mercado e etc. é uma ótima forma de mostrar que tal cliente é especial, incentivando-o a manter a fidelidade. Além disso, é possível segmentar clientes de acordo com o engajamento com suas campanhas, para saber quais podem receber e-mails de forma mais intensa. Por exemplo: pessoas que abrem 3 e-mails na semana não precisam receber somente 1, não é? Entretanto, aquela que abre 1 não ficará feliz ao ver sua caixa lotada de e-mails em uma mesma semana. Portanto, segmente! Utilize uma ferramenta de disparo automático Uma boa ferramenta de disparo automático de e-mails faz com que o colaborador ganhe produtividade. Por exemplo: você pode criar alguns e-mails automáticos de temas-chave, como: “obrigado(a) pelo contato” e “obrigado(a) por assinar nossa newsletter”. Ao criar um fluxo de automação, sua empresa ganha agilidade e não perde o timing com o cliente. Além disso, a facilidade de programar e-mails torna possível enviar sua comunicação até durante finais de semana. Você pode prepará-los com antecedência para que sejam disparados automaticamente na data escolhida. Não é o máximo?! Utilize CTAs Para aumentar sua conversão, uma grande dica é utilizar CTAs, abreviação para “call to action”. Essa é, literalmente, uma forma de chamar atenção do consumidor para que ele faça algo que você está indicando. Por exemplo: se você quer que o cliente assine sua newsletter, você pode inserir o link do seu site no conteúdo e até mesmo colocar botões chamativos para incentivá-lo a relizar a ação. Faça testes A/B A taxa de abertura pode ser um problema do e-mail marketing, uma vez que, se o e-mail não for aberto, o consumidor não receberá sua comunicação. Realizar um teste A/B é uma forma segura de melhorar essa métrica, pois possibilita o envio do mesmo e-mail, mas com dois títulos diferentes, para uma pequena parcela da sua base. Ao ver qual título teve maior abertura, a ferramenta já o escolhe e faz o disparo automático, aumentando as chances de que seu cliente abra o e-mail. Portanto, escolha duas opções chamativas e deixe os usuários escolherem! Envie um teste para você mesmo antes do disparo final Depois de montar todo o e-mail, chegou a hora de programá-lo ou dispará-lo. Entretanto, um passo interessante de se fazer antes é enviar para si mesmo um teste para verificar se todas as imagens carregam bem, se os links estão todos corretos e garantir que não haja erro de ortografia. Essa dica é uma das mais importantes porque evita erros que podem pôr toda uma campanha a perder. Por exemplo: em um e-mail sobre um vinho X com um o link que envia para a página de um vinho Y, é muito provável que você perca a conversão do cliente. Então, não pense duas vezes antes de testar! Monitore os resultados com os KPIs Os KPIs são conhecidos como indicadores-chave, ou seja, métricas que devem ser utilizadas para descobrir se os esforços estão nos levando ao objetivo traçado. Os mais comuns no envio de e-mail marketing são: taxa de abertura, taxa de cliques, taxa de conversão e taxas de soft e hard bounce (número de e-mails que não são entregues aos destinatários devido a algum erro, permanente ou temporário). Analise quais deles fazem mais sentido para a sua estratégia e tenha foco! Aqui na Locaweb existe dois tipos de serviço que podem ajudar a sua empresa! Você tem a possibilidade de disparar e-mails automáticos, personalizá-los, ter relatórios, criar grupos, lista de e-mails bloqueados e muito mais. Além disso, também é possível sincronizar os e-mails com suas tarefas, o que ajuda a otimizar o tempo da sua equipe! Anotou todas as dicas? Para colher os frutos do envio de e-mail marketing, ele deve ser bem utilizado pela sua empresa. Saber qual conteúdo utilizar, para qual público enviar e como medir isso é a chave para o sucesso. A comunicação é uma ótima forma de estreitar um relacionamento com o cliente e até mesmo criar uma diferenciação de outras marcas. Portanto, não perca tempo e ponha as ideias em prática já! [rock-convert-pdf id=”161″] Gostou do artigo? Então assine agora mesmo nossa newsletter para ter acesso em primeira mão a mais conteúdos como este

O envio de e-mail marketing tem se mostrado cada vez mais uma ferramenta poderosa, seja para fazer inbound marketing, promover vendas ou o awareness de marca. Segundo uma pesquisa do DMA, comparado a redes sociais e outros anúncios, a taxa de conversão de uma mensagem de e-mail marketing é 66% maior.

Esse sucesso não é à toa: por ser altamente personalizável, o e-mail marketing é uma valiosa ferramenta para mostrar autoridade sobre determinado assunto e criar um relacionamento com o cliente.

Quer aproveitar essa estratégia e não sabe como criar um bom conteúdo, medir os resultados ou até mesmo segmentar seus leads (potenciais consumidores)? Pensando nisso, reunimos neste artigo algumas dicas para ajudá-lo a planejar suas campanhas de e-mail marketing e potencializar seus envios. Confira!

Faça uma comunicação certeira

Acertar na comunicação é o primeiro passo para conseguir que seu e-mail marketing tenha sucesso. Para isso, você deve entender bem o seu público. Uma forma de fazer isso é desenhando as personas, que são representações fictícias dos seus clientes ideais.

Se você trabalha com um e-commerce de vinhos, por exemplo, pode segmentar sua comunicação da seguinte forma: para aqueles que compram vinhos mais baratos (ou seja, estão mais interessados nos preços), pode investir numa comunicação mais direta e com palavras chaves como “oferta”, “preço baixo”, “melhor preço do mercado”, “ótima oportunidade” etc.

Para aqueles que estão dispostos a pagar mais, sua empresa pode investir em conteúdos mais extensos, como matérias sobre curadoria, tipos de uva, acompanhamentos para cada tipo de vinho e outros temas relacionados.

Lembre-se: no marketing, não existe uma forma genérica de comunicar, portanto, estude o perfil de seus clientes.

new RDStationForms(‘email-marketing-teste-gratis-127b8d0dc33a14861bbf-html’, ‘UA-120079229-3’).createForm();

Segmente a lista de e-mails

A segmentação da sua base de leads é uma das boas práticas de e-mail marketing. Nesse sentido, é possível fazer diferentes listas como uma forma de alcançar diversos objetivos.

Se você possui leads que ainda não se converteram em clientes, deve investir no inbound marketing. Seguindo o exemplo da empresa de vinhos, uma boa ideia seria falar sobre os benefícios do vinho para a saúde, a fim de incentivar o cliente a comprar posteriormente.

Se você possui leads que já são clientes, pode oferecer promoções especiais para que virem clientes fiéis, ou seja, sempre realizem suas compras com a sua empresa.

Se você já possui clientes fiéis, os e-mails com conteúdos personalizados como cartas do CEO falando sobre a empresa, sobre o mercado e etc. é uma ótima forma de mostrar que tal cliente é especial, incentivando-o a manter a fidelidade.

Além disso, é possível segmentar clientes de acordo com o engajamento com suas campanhas, para saber quais podem receber e-mails de forma mais intensa. Por exemplo: pessoas que abrem 3 e-mails na semana não precisam receber somente 1, não é? Entretanto, aquela que abre 1 não ficará feliz ao ver sua caixa lotada de e-mails em uma mesma semana. Portanto, segmente!

Utilize uma ferramenta de disparo automático

Uma boa ferramenta de disparo automático de e-mails faz com que o colaborador ganhe produtividade. Por exemplo: você pode criar alguns e-mails automáticos de temas-chave, como: “obrigado(a) pelo contato” e “obrigado(a) por assinar nossa newsletter”. Ao criar um fluxo de automação, sua empresa ganha agilidade e não perde o timing com o cliente.

Além disso, a facilidade de programar e-mails torna possível enviar sua comunicação até durante finais de semana. Você pode prepará-los com antecedência para que sejam disparados automaticamente na data escolhida. Não é o máximo?!

Utilize CTAs

Para aumentar sua conversão, uma grande dica é utilizar CTAs, abreviação para “call to action”. Essa é, literalmente, uma forma de chamar atenção do consumidor para que ele faça algo que você está indicando.

Por exemplo: se você quer que o cliente assine sua newsletter, você pode inserir o link do seu site no conteúdo e até mesmo colocar botões chamativos para incentivá-lo a relizar a ação.

Faça testes A/B

A taxa de abertura pode ser um problema do e-mail marketing, uma vez que, se o e-mail não for aberto, o consumidor não receberá sua comunicação. Realizar um teste A/B é uma forma segura de melhorar essa métrica, pois possibilita o envio do mesmo e-mail, mas com dois títulos diferentes, para uma pequena parcela da sua base.

Ao ver qual título teve maior abertura, a ferramenta já o escolhe e faz o disparo automático, aumentando as chances de que seu cliente abra o e-mail. Portanto, escolha duas opções chamativas e deixe os usuários escolherem!

Envie um teste para você mesmo antes do disparo final

Depois de montar todo o e-mail, chegou a hora de programá-lo ou dispará-lo. Entretanto, um passo interessante de se fazer antes é enviar para si mesmo um teste para verificar se todas as imagens carregam bem, se os links estão todos corretos e garantir que não haja erro de ortografia.

Essa dica é uma das mais importantes porque evita erros que podem pôr toda uma campanha a perder. Por exemplo: em um e-mail sobre um vinho X com um o link que envia para a página de um vinho Y, é muito provável que você perca a conversão do cliente. Então, não pense duas vezes antes de testar!

Monitore os resultados com os KPIs

Os KPIs são conhecidos como indicadores-chave, ou seja, métricas que devem ser utilizadas para descobrir se os esforços estão nos levando ao objetivo traçado.

Os mais comuns no envio de e-mail marketing são: taxa de abertura, taxa de cliques, taxa de conversão e taxas de soft e hard bounce (número de e-mails que não são entregues aos destinatários devido a algum erro, permanente ou temporário). Analise quais deles fazem mais sentido para a sua estratégia e tenha foco!

Aqui na Locaweb existe dois tipos de serviço que podem ajudar a sua empresa! Você tem a possibilidade de disparar e-mails automáticos, personalizá-los, ter relatórios, criar grupos, lista de e-mails bloqueados e muito mais. Além disso, também é possível sincronizar os e-mails com suas tarefas, o que ajuda a otimizar o tempo da sua equipe!

Anotou todas as dicas? Para colher os frutos do envio de e-mail marketing, ele deve ser bem utilizado pela sua empresa. Saber qual conteúdo utilizar, para qual público enviar e como medir isso é a chave para o sucesso.

A comunicação é uma ótima forma de estreitar um relacionamento com o cliente e até mesmo criar uma diferenciação de outras marcas. Portanto, não perca tempo e ponha as ideias em prática já!
[rock-convert-pdf id=”161″]
Gostou do artigo? Então assine agora mesmo nossa newsletter para ter acesso em primeira mão a mais conteúdos como este

Maria Vitória

Apaixonada por marketing digital e tecnologia. Faz parte do Grupo Locaweb, atuando em projetos como Marketing de Conteúdo e Inbound para empreendedores e desenvolvedores

Deixe seu comentário

Receba em primeira mão materiais e estratégias para o seu negócio.

Click to listen highlighted text!