Vender no e-commerce é sempre um caminho de grandes oportunidades e também de desafios para o lojista. São oportunidades inesgotáveis, já que o ambiente virtual é um shopping online e que efetua vendas 24 horas por dia, sete dias por semana.

Justamente por isso, o lojista precisa estar atento, criar estratégias de venda e principalmente manter a organização interna do negócio, a fim de vender mais e proporcionar a melhor experiência possível na jornada de consumo do cliente. 

Neste artigo separamos algumas dicas para controlar a sua operação de vendas online, mesmo vendendo em operações híbridas ou múltiplos canais de venda. Confira!

Criação de presença digital 

O empreendedor de e-commerce que pensa em aproveitar os canais de venda ao máximo, deve criar uma presença digital em marketplaces, redes sociais e até mesmo em lojas físicas, adicionando a hibridização do negócio. Em relação ao cliente, é preciso que ele seja impactado pelo seu produto de diversas maneiras para entender a relevância dele até efetuar a compra.

Por isso, criar uma presença digital forte necessita de algumas etapas: 

  • Dispor de loja virtual organizada;
  • Estar presente em marketplaces reconhecidos, desde os mais abrangentes até os mais segmentados;
  • Ter relevância nas redes sociais, através de uma comunidade de relacionamento, e que entregue conteúdo além dos produtos;
  • Ter algum ponto de venda físico para abranger o cliente local.

No e-commerce, quanto mais seu produto e sua loja são vistos, mais eles vedem. Vender apenas na loja virtual não é mais suficiente para o cliente omnichannel

Gestão integrada é o primeiro passo 

Para poder fazer a gestão de compras, estoque, vendas e entregas de canais variados, o primeiro passo é contar com um sistema de gestão ERP online e em nuvem. Com uma gestão integrada, as vendas em canais diferentes acontecem de forma fluida e sincronizando as informações em tempo real, o que ajuda o gestor a não perder a organização interna e manter a experiência de compra do cliente dentro da expectativa. 

De nada adianta pensar em ampliar as vendas através de múltiplos canais, mas não conseguir fazer as entregas conforme o desejado. Isso resulta em entregas ruins, e gera má reputação ao seu negócio. 

Através de um ERP, a operação online permanece no controle, mesmo que replicada em diversos canais de venda. Além disso, o sistema também facilita o cadastro de seus fornecedores, a emissão dos relatórios de estoque, o controle das suas compras, o gerenciamento de múltiplos depósitos, a emissão de notas fiscais, integrações logísticas e outras facilidades. 

Dicas para vender mais:

Após organizar a gestão do negócio, algumas dicas são importantes para que as vendas ocorram simultaneamente no e-commerce:

  • Tenha metas de venda para cada canal: para que os resultados das vendas sejam interessantes para o negócio, é importante ter metas a serem alcançadas em cada canal de vendas. Os canais devem ser pensados de forma individual, já que cada um deles apresenta um público distinto. Ao final de cada período, será possível acompanhar a evolução do negócio em relação às metas estabelecidas.
  • Crie estratégias inteligentes: dentro das metas, também é preciso criar estratégias de vendas através de um plano, seja ele uma campanha de vendas, promoções, interações, etc. Também é preciso cada canal tenha uma estratégia de impacto distinta para atingir o cliente da melhor maneira possível. 
  • Prospectar novos clientes: conquistar novos clientes está sempre no radar do empreendedor. Vale impactar através de anúncios nas redes sociais e no e-commerce, ou mesmo e-mail marketing. Também é importante se relacionar diretamente com os clientes para aumentar as chances de recompra. É importante investir tempo e energia nos clientes, pois são essas experiências que geram resultados positivos tanto na imagem do negócio quanto na conversão em vendas. 
  • Escalonar o negócio para vender mais: quando o lojista já tem uma operação online bem definida e organizada, ele pode escalonar as vendas através da ampliação de novos marketplaces e canais de venda como as redes sociais, por exemplo. Mas, para isso, é importante automatizar a gestão através de um ERP de confiança e que possa tornar os processos mais eficientes, sempre visando os melhores resultados. 

Controlar uma operação de vendas online é um processo de constante aprendizado, em que as ferramentas de tecnologia devem ser vistas como aliadas ao negócio, fazendo as vendas tornarem-se mais efetivas e melhorando sempre o relacionamento e a experiência de compra do consumidor. As marcas e os clientes tendem a estar cada vez mais próximos, gerando valor ao dia a dia para tornar-se relevante e ser lembrado na próxima compra. 

Quem vende online deve facilitar o processo de venda omnichannel através de um sistema de gestão integrado, com armazenamento em nuvem e acesso online.