Um profissional de TI, além de entender a parte técnica da área, também precisa ser bom na prática. Afinal, é ele que será contratado para desenvolver soluções web. 

Com os recursos tecnológicos cada vez mais em alta, é fundamental estar atualizado às novidades do mercado. Responda rapidamente: qual é o seu nível de experiência com o cloud computing, isto é, com os serviços na nuvem? 

Entenda porque é necessário conhecê-los!

 

Por que um profissional de TI precisa conhecer o cloud computing?

Se você quer ser um excelente profissional de TI precisa entender como funciona a computação em nuvem (cloud computing). Isso porque a procura por esse tipo de serviço tem crescido cada vez mais devido à sua aplicação e os inúmeros benefícios em relação às hospedagens comuns.

Quando um site é hospedado sem o recurso de cloud, seus recursos estão divididos entre outras páginas ali hospedadas. Ou seja, é possível sofrer com problemas de falta de memória e armazenamento, por exemplo.

No caso da hospedagem em nuvem, há diversos servidores conectados remotamente entre si, oferecendo mais memória, processamento e armazenamento de dados. A eficiência desse serviço é tanta que ele é recomendado também para e-commerces e softwares.

Agora que você já sabe um pouco sobre o assunto, conheça abaixo os serviços em nuvem e qual oferecer, de acordo com as necessidades dos seus clientes:

 

IaaS (infraestrutura como serviço)

O primeiro modelo de serviço é o IaaS. Com ele o desenvolvedor contrata a infraestrutura e poderá desenvolver um ambiente do zero, ou seja, ele cria uma plataforma ou hospeda um site configurando e administrando seu servidor.

Neste modelo de serviço o desenvolvedor também é responsável por atualizações no sistema e no serviço desenvolvido.

 

PaaS (plataforma como serviço)

O PaaS é adaptado às necessidades dos clientes e possui, como grande vantagem, o gerenciamento e armazenamento das aplicações em um sistema pré-montado. 

De forma resumida, diferentemente da opção anterior onde não há plataforma, apenas a infraestrutura, no modelo de serviço PaaS, o desenvolvedor encontra uma plataforma praticamente pronta, sendo possível incluir e aplicar melhorias para aprimorar o serviço.

O modelo reduz o tempo de implementação na plataforma e gera menos custos com o desenvolvimento, uma vez que já vem com um ambiente montado, garantindo agilidade e produtividade. 

 

SaaS (software como serviço)

Seu cliente deseja um serviço pronto para ser utilizado, mas que pode ser personalizado? Então a escolha certeira é o SaaS!

O modelo oferece um software com elementos montados e personalizáveis. Qualquer usuário, de onde estiver, pode acessar dados e fazer download por qualquer dispositivo móvel (smartphone, desktop ou tablet).

Lembre-se: um profissional de TI precisa oferecer uma boa experiência ao seu cliente. Esteja atualizado em sua área!

Não deixe de acompanhar outros artigos sobre o assunto no blog da Locaweb!

Exibir ComentáriosOcultar Comentários

Faça um comentário

Evento 100% grátis e online -1 Dias 3 Horas 19 Minutos 41 Segundos
INSCREVA-SE!