Com o cliente cada vez mais no centro das estratégias de negócio, o Growth Marketing ou Marketing de Crescimento, está sob os holofotes do mercado, sobretudo no que se refere às pequenas e médias empresas.

O que é e como funciona o Growth Marketing?

Trata-se de uma técnica interdisciplinar que abrange não apenas marketing, mas também várias áreas, como vendas e product ownership. Para dominá-la, é preciso ter uma apurada compreensão técnica, administrativa e de gestão em torno do conceito.

Alguns fatores devem ser combinados para que a metodologia atinja seu objetivo. Dentre eles, destaca-se envolver, de fato, os clientes com a companhia, bem como provocar fidelização e transformá-los em promotores da marca. Por meio da metodologia também dá para ajustar gaps, problemas ou falhas que costumam comprometer o avanço e a saúde da empresa. Na prática, quem implementa o Marketing de Crescimento faz os membros da equipe trabalharem como se fossem cientistas, criando testes e analisando hipóteses o tempo todo. Nos últimos anos, a metodologia tem se provado uma solução poderosa para fazer negócios de diferentes segmentos crescerem com rapidez e rentabilidade.

Essa metodologia é para o meu negócio?

Quando bem aplicado, o Growth Marketing favorece a economia de recursos e o aumento de ganho no médio e longo prazo. À medida que são desenvolvidas ações mais eficientes, com maior capacidade de atenção, conversão, retenção e fidelização de clientes, naturalmente cai o investimento e cresce o retorno. Ao entender melhor o consumidor por meio das técnicas aplicadas, a tendência é que o CAC (Custo de Aquisição do Cliente), por exemplo, seja reduzido. Isso porque você identifica claramente quem são as personas que compram da sua empresa, a consequência é o aumento da satisfação e das recomendações por clientes.

Então, como essa metodologia pode ser implantada na sua empresa? Confira abaixo 5 passos para você iniciar a sua jornada com Growth Marketing:

1) Estabeleça um objetivo

Definir um alvo (como vender, fidelizar ou reter) é primordial dentro da metodologia de Growth Marketing. Isso vai permitir criar uma estratégia muito mais assertiva e focada, esclarecendo quais metas e indicadores devem ser acompanhados e ajustados ao longo da campanha, de acordo com o objetivo a ser atingido.

2) Entenda seu público

Use os dados internos e externos que você tiver à mão – coletados em landing pages e contatos diretos com a marca ou mesmo os demográficos e de gênero registrados em seu site – para conhecer o seu cliente. A consciência do que ele gosta e espera da sua marca e do seu produto vai permitir criar ações muito mais bem-sucedidas não apenas em vendas, mas também em retenção, garantindo que ele continue a consumir da sua empresa por muito mais tempo.

3) Análise e mensuração

Os dados são o ponto chave do Growth Marketing. É a partir deles que você vai ter insights de como criar e otimizar ações. Por isso, é importante contar com ferramentas que deem uma mãozinha no processo. Busque recursos como os de automação de marketing, os gerenciadores de campanha e, especialmente, o analytics do seu site. Eles vão facilitar a visualização das informações e esclarecer qual é o melhor caminho que a sua estratégia deve seguir, assim como os pontos que precisam ser melhorados ou revistos.

growth marketing como começar

4) Pequenas melhorias constantes

Quando se faz Growth Marketing pela primeira vez, é importante começar aos poucos. Escolha o objetivo mais importante para o seu negócio (atrair mais audiência, por exemplo) e trabalhe poucas metas e ações de uma só vez. Treine a equipe para responder rapidamente aos resultados. Com o tempo, o aprendizado desse processo será fundamental para aumentar o sucesso de suas estratégias futuras.

5) Mentalidade Growth

Mais do que dados, métricas e testes, a metodologia deve ser uma cultura dentro das empresas. Por isso, o sucesso da estratégia depende do líder e do time responsável terem uma mentalidade focada em crescimento. Isso vai ser fundamental para, mais do que obter resultados, aprender com eles e continuar a desenvolver o negócio de maneira constante.

Dica extra! Não vá sozinho!

Diante do volume de dados, informações, métricas, mensurações e testes envolvidos na metodologia de Growth Marketing, é fundamental ter algumas tecnologias em mãos para dar conta do recado. Entre as mais básicas – e indispensáveis – estão uma ferramenta competente de automação de marketing, gerenciadores de campanhas, um sistema de Gestão de Relacionamento com o Cliente (CRM) e o Analytics do seu site.

Entre os recursos essenciais, também vale muito a pena ter uma boa plataforma de plotagem de dados, como o Google Data Studio – que converte informações em painéis e relatórios informativos personalizados. Ele vai ajudar bastante no acompanhamento de metas e na geração de insights.

Apesar de cada estratégia ser única dentro do Growth Marketing, há três grandes grupos de objetivos relacionados à metodologia de forma genérica e abrangente: vender mais para novos clientes, vender mais para clientes recorrentes e transformar clientes em promotores da marca. Para cada um deles, haverá um desdobramento de ações, e, para cada ação, diferentes dados para mensuração.

Está pronto para iniciar a sua jornada no Growth Marketing? Fique atento aos nossos conteúdos e tenha mais dicas para prosperar o seu negócio.