Quem é desenvolvedor sabe que otimizar o tempo é uma necessidade estratégica da rotina de trabalho. Para melhorar a produtividade, algumas ferramentas de gestão para desenvolvedores são essenciais, até porque elas concentram as informações de cada projeto, permitem que toda a equipe esteja ciente das tarefas que são prioridade no dia e ainda trabalhem de maneira colaborativa.

No seu trabalho como desenvolvedor, você vai precisar tanto de softwares de gestão quanto de ambientes de desenvolvimento integrado, editor de código fonte, entre outras. Por isso, este texto reúne as ferramentas mais indicadas para que você possa organizar seus projetos da melhor forma. Acompanhe!

1. Jira 

Feito para desenvolvimento de softwares, ele ajuda no planejamento, desenvolvimento e lançamento das ferramentas criadas. O foco é a metodologia ágil e tem integração simples com ambientes como Eclipse, Visual Studio e Netbeans.

Um ponto que chama atenção é o fato de que o Jira atualiza automaticamente as transições de trabalho quando o código é confirmado no Bitbucket, que não só permite o gerenciamento de código Git, como também o teste e a colaboração nos projetos.

2. Trello

Das ferramentas de gestão para desenvolvedores, o Trello é uma das mais famosas. Ele é essencial para trabalhar de maneira mais colaborativa, já que você consegue criar quadros, listas e cartões para organizar e priorizar o trabalho de forma bastante visual. Assim, todos os integrantes tem noção real do que devem cumprir. O Trello é integrado a outros apps e é sincronizado com todos os seus dispositivos, o que dá uma visão completa da produção.

3. Notepad++

O Notepad ++ é um editor de código-fonte open source que suporta várias linguagens de programação, como C, C++, Java, C#, Phyton, XML, HTML, PHP, JavaScript, ASCII art, ASP, Unix Shell Script, entre outras. Ele roda no Windows, é escrito em C ++ e usa a API do Windows para garantir uma maior velocidade de execução.

4. Microsoft Visual Studio

É um IDE (ambiente de desenvolvimento integrado) rico em ferramentas para testes de compatibilidade, o que lhe dá a oportunidade de entender como seus aplicativos são executados em mais de 300 tipos de dispositivos e/ou navegadores. Permite as linguagens Visual Basic, C/C++, C# e F#. A questão é que a ferramenta é um pouco mais cara para quem está começando.

5. NetBeans

Este é outro IDE, porém open source e que usa linguagens como Java, JavaScript, HTML5, PHP, C/C++, Groovy e Ruby. Pode ser usado como editor de código fonte integrado, suporte ao Java Enterprise Edition, visualizador de classes integrado ao de interfaces e suporte à Database. Uma curiosidade é que ele foi criado em 1996 por estudantes em Praga, quando o Java ainda não tinha a popularidade que tem hoje.

6. Gantter

Este é um software de gestão de projetos todo baseado em gráfico de Gantt. Com ele, você pode criar e editar planos de projeto com sua equipe. O fato de ser integrado ao Google traz vantagens e facilidades para trabalhar online.

Dentre as possibilidades, podemos destacar a estrutura de divisão de trabalho gerada automaticamente, edição colaborativa em tempo real dos projetos, painéis analíticos, gerenciamento de risco, de recursos, etc.

7. Proposify

O Proposify foca as vendas e a interação com os clientes, automatizando tarefas repetitivas, além de eliminar gargalos desnecessários e abrir caminho para um fluxo de trabalho mais eficiente, com oportunidades reais.

Por exemplo, ao permitir a customização de templates que podem ser salvos para você reutilizar sempre que preciso. O fato de ser mobile friendly já garante a produtividade de onde você estiver.

8. Roadmunk

Como o próprio nome denuncia, este software serve para criar roadmaps com facilidade e poder visualizar todas as etapas da estratégia. São mais de 35 templates prontos para já sair usando, colaborativos e com integração ao Jira. Você tem total segurança de seus dados, já que ele tem o ISO 27001, padrão global para sistemas de gerenciamento de segurança da informação.

9. Basecamp

Além de permitir a gestão online de projetos, ele traz algumas funcionalidades interessantes, por exemplo, separar o trabalho em itens como pessoas envolvidas, discussão, documento, arquivo, tarefa e datas. Também tem writeboards que funcionam como um Word para editar textos e a opção de mensagem, evitando trocas de e-mail que podem se perder.

10. Plugins WordPress para desenvolvedores

O WordPress é uma das plataformas mais usadas para sites, lojas virtuais e e-commerce. E, para um trabalho mais eficiente, além das ferramentas de gestão para desenvolvedores, conheça alguns plugins essenciais para desenvolver em WP.

  • WP Updates Notifier: ajuda a controlar as atualizações mais recentes da plataforma WP, enviando notificações direto no seu e-mail.
  • Duplicate Post: permite que sejam duplicados quaisquer textos ou páginas. Pode ser útil para quem tem e-commerce e usa o Woocommerce.
  • WP Stagecoach: quando for preciso fazer algum texto no site que estiver desenvolvendo, opte por este plugin, que copia as mudanças do site de teste.
  • Advanced Custom Fields: permite a personalização do site, seja com formulários, campos, encaixando-os onde você quiser.
  • Shortcodes Ultimate: conta com vários elementos visuais para usar no editor de postagem, nos widgets de texto ou mesmo nos modelos de template. Você pode criar guias, botões, caixas, carrosséis, vídeos responsivos, etc.

Só quem desenvolve sabe o quão importante é conseguir gerenciar seu tempo, suas tarefas e seus processos – do desenvolvimento ao deploy. Utilizar ferramentas de gestão permite que você ganhe produtividade nas ações, facilitando o dia a dia dos seus projetos e do seu time.

E então, gostou das nossas sugestões? Aproveite para acessar o “Kit de gestão para desenvolvedores” e baixe 4 materiais para otimizar a sua rotina como freelancer ou agência.

Exibir ComentáriosOcultar Comentários

Faça um comentário