Sua empresa já se estruturou para as vendas de final de ano? Neste ano, é estimado um crescimento de 4,8% na economia, o que significa mais vendas para o setor de e-commerce!

No entanto, é preciso se lembrar de que não basta ter preços baixos e uma boa seleção de produtos. Seu público precisa ser impactado com ações estratégicas e integradas, aumentando o seu poder de conversão.

Além da divulgação, há também a necessidade de estruturar a operação da sua loja virtual. Isso garante que o site será capaz de atender a demanda e prestar um bom serviço, garantindo, principalmente, uma experiência de compras positiva.

Neste post, mostraremos como você pode aproveitar o período para potencializar suas vendas de final de ano.

1. Verifique a performance da sua hospedagem

Os picos de acesso no final do ano são altos, e isso aumenta a preocupação com a estabilidade do site. Se você usa uma hospedagem compartilhada, há chances de quedas caso muitas pessoas acessem seu e-commerce simultaneamente.

A melhor forma de se proteger desse problema é entender a capacidade do seu site de suportar esse volume de acessos. Se você possui uma hospedagem compartilhada, você está dividindo o espaço da infraestrutura e recursos com outros sites – como espaço de armazenamento e performance, por exemplo. Outros fatores que podem impactar o desempenho do seu site podem surgir ao utilizar criadores gratuitos que oferecem limitações na navegação e no tráfego de dados. 

Se o seu site fica fora do ar constantemente e apresenta lentidão, pode estar na hora de migrar para uma nova hospedagem. Nesse caso, o mais indicado é encontrar opções compatíveis com a sua demanda e que ofereçam recursos e escalabilidade para acompanhar o crescimento do seu negócio na internet. Aproveite para conhecer as opções disponíveis no nosso site e se preferir, fale com um especialista através do nosso chat. 

2. Invista em campanhas para geração de leads 

Quem costuma comprar pela internet sabe que uma boa promoção é imperdível e, por isso, já começa a ficar atento às movimentações do varejo. Mais do que estar pronto na data, seu e-commerce deve estruturar uma campanha de divulgação e utilizar todos os canais da sua empresa para reforçar sua estratégia.

Comece a desenvolver campanhas e conteúdos para veicular nas suas redes sociais e no seu próprio site. Uma boa ideia é criar uma landing page com informações sobre como serão as vendas, apresentando percentual de descontos, produtos que estarão disponíveis e um formulário de captação de leads.

O e-mail marketing é outra opção fundamental para aumentar a conversão e automatizar comunicações em massa, pois ele oferece uma série de recursos que permite segmentar, personalizar e agendar os disparos para uma base de contatos, além de servir para a prospecção de novos leads através de formulários integrados ao seu e-commerce. 

Dica: use o e-mail marketing para impulsionar comunicações personalizadas para clientes que já estão no seu mailing, e ainda para reforçar ofertas para contatos em listas como carrinho abandonado, lista de desejos e etc. 

Aproveite para testar hoje todos os recursos do e-mail marketing para a sua empresa!

3. Estimule o tráfego das suas redes sociais

Muito mais do que likes, nas redes sociais é fundamental ter seu público atento ao que você posta e com uma boa interação em relação a esse conteúdo. O engajamento é fundamental, pois indica que há pessoas realmente interessadas nas ações que sua empresa está preparando e divulgando.

Faça posts interativos e questione quais conteúdos, produtos e descontos eles gostariam de ver no seu site. 

Além disso, divulgue suas campanhas nas redes sociais e adicione nos seus conteúdos links que direcionam os seus visitantes para interagir com o seu site. Faça um post que leve o seu visitante para acessar algum conteúdo, visitar uma página de ofertas, ou ainda se inscrever para receber alertas de produtos e cupons de desconto. As redes sociais podem ser responsáveis por até 70% do tráfego gerado para o seu site, por isso, invista em ações que levem seus seguidores a páginas estratégicas e que de preferência, impulsione conversões.

4. Planeje e gerencie o seu estoque

Além de descontos pouco vantajosos, outra reclamação que marca as vendas de final de ano, é em relação à deficiência logística que algumas lojas virtuais apresentam nesses períodos. O número de vendas é realmente muito maior e, para atender a isso, é preciso ter um estoque compatível e muito bem gerenciado durante a data.

É muito importante atender os desejos e as demandas dos consumidores. Se uma empresa se dispõe a oferecer os produtos, precisa tê-los a disposição. Nesse contexto, é preciso evitar a qualquer custo vender sem ter em estoque.

Quanto a isso, além de reforçar o volume de produtos, é preciso ter um bom trabalho de gerenciamento. A cada venda realizada, a baixa no sistema deve ser automática e integrada. Isso permite uma atualização rápida e a indicação no site caso algo esteja esgotado, evitando as vendas sem estoque e cancelamentos. 

Dica: a nossa loja virtual oferece um sistema de alerta que notifica automaticamente quando seu produto atinge uma quantidade mínima no estoque. Assista o webinar “Como criar e vender pela internet” para conhecer essa e outras funções. 

5. Ofereça uma experiência online e offline 

Cada vez mais as empresas estão em busca de novas estratégias para conectar seus esforços físicos e online, oferecendo uma experiência ainda mais personalizada para os seus clientes.

Imagine a jornada de vendas em uma loja virtual: o consumidor encontra uma boa oferta, escolhe seu produto e então clica em “Comprar”. No entanto, ao chegar no checkout, ele vê que o preço do frete é muito alto e torna a compra muito mais cara do que ele imaginava. Essa é uma situação frustrante e recorrente, que pode acarretar a desistência, influenciando no abandono de carrinho.

Se você possui uma loja física, poderá ofertar a retirada do produto na loja, por exemplo. Essa estratégia se tornou uma das mais eficazes para a experiência online e offline dos seus clientes, já que os maiores vilões das compras online estão relacionados ao custos de frete e tempo de espera para receber o produto.

Para as empresas, isso ainda pode oferecer uma série de benefícios para o estoque e armazenamento dos produtos, além de outras oportunidades de vendas, já que é possível segmentar promoções para compras físicas e online.

Vale dizer que os clientes que optam por essas opções precisam encontrar mais facilidades durante toda a sua jornada de compra, já que em tese eles são mais objetivos e esperam por agilidade como filas e atendimento preferencial.

E para continuar com as suas vendas a todo vapor no próximo ano, faça um cronograma e selecione as datas comemorativas mais estratégicas para o seu negócio. Aproveite para descobrir quais ferramentas são fundamentais para aproximar sua empresa dos seus clientes e teste grátis!

Exibir ComentáriosOcultar Comentários

Faça um comentário